Análise – Memórias de Marnie

memorias-de-marnie-00-pn

Realizador: Hiromasa Yonebayashi
Elenco: Sara Takatsuki (Voz), Kasumi Arimura (Voz), Nanako Matsushima (Voz)
Género: Drama, Animação
Duração: 1h 43min

Os filmes mais populares do Studio Ghibli costumam ter uma forte presença de fantasia, como é o caso de Princesa Mononoke e Viagem de Chihiro. No entanto, esta regra não se aplica a todos os filmes do estúdio, onde às vezes a magia assumem um papel secundário ou não existe de todo, focando mais no elemento humano. Normalmente estas histórias são menos direcionadas a crianças, ou por outras palavras, são o tipo de filme que não chamam tanto à atenção e são melhor apreciados por pessoas com uma certa idade.

Do mesmo realizador d’ O Mundo Secreto de Arrietty, Memórias de Marnie é baseado na novela “When Marnie Was There” do escritor inglês Joan G.Robinson (1910-1988). Seguimos a história na perspetiva de Anna, uma rapariga introvertida de 12 anos que vive com pais adoptivos. Após um ataque de asma, ela é enviada para passar o verão com os seus tios que vivem numa zona rural perto do mar onde o ar está mais limpo.

memorias-de-marnie-01-pn

Anna tem pouca auto-estima e vê-se como alguém mal-humorada e desagradável, o que faz com que seja um pouco excluída. Tal como ela própria descreve no início do filme: “Neste mundo, existe um círculo mágico invisível, com o lado de dentro e o lado de fora. Estas pessoas estão dentro, e eu estou de fora.” Eventualmente, Anna encontra uma mansão abandonada e começa a ter sonhos de uma rapariga de cabelos loiros. Durante uma noite, ela conhece a rapariga em pessoa e descobre que se chama Marnie.

Marnie demonstra uma enorme simpatia perante Anna, pedindo-lhe que não conte a mais ninguém sobre o seu encontro. Inicialmente parece estranho como Anna fica à vontade com Marnie tão rapidamente nas poucas vezes que se encontram, tendo em conta como acabei de descrevê-la. Contudo, Anna não é totalmente anti-social e no fundo quer mesmo ligar-se com alguém, algo que é notável em certas ocasiões de forma subtil.

A história incluí outras personagens secundárias mas o foco está em Anna e Marnie. Ao longo do filme, ficamos a conhecer melhor as duas raparigas, sobre o seu passado e aquilo que as aflige. É evidente que Marnie não é uma pessoa normal e existe algum elemento mágico envolvido. Isto não é propriamente esclarecido e também não é muito relevante para a narrativa. À medida que são reveladas algumas coisas, o filme pode tornar-se bastante comovente.

memorias-de-marnie-02-pn

Como já vai sendo tradição nos filmes do Studio Ghibli , existe um grande ênfase na natureza para os visuais. Apesar de não haver uma vasta variedade nos cenários, o visual e animação estão ao nível de qualidade esperado de um filme do estúdio. Também dou destaque à banda sonora, em particular ao tema musical dos créditos da cantora Priscilla Ahn.

Pessoalmente, Memórias de Marnie não faz muito o meu género mas imagino que há pessoas que vão adorar o filme. A fantasia é deixada um pouco de lado para dar lugar a uma história mais intima e pessoal que fez merecer a sua nomeação para melhor filme de animação nos Óscares. Até agora, este é o último filme criado pelo Studio Ghibli antes de fizerem uma pausa após a retirada de Hayao Miyazaki. Vamos ver se este não será o seu filme final e não levam muito mais tempo para o próximo.

Positivo

  • Relação de Anna e Marnie
  • História tocante
  • Visual dos cenários

Negativo

  • Intimidade entre Anna e Marnie desenvolve-se demasiado depressa
  • Elementos mágicos não são muito claros
  • Esperar pelo próximo filme do Studio Ghibli

 

pn-bom-2016

Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lfo

Yuri?

Kanudo

Tendo em conta o que é revelado no filme, isso seria muito estranho 😛

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
2
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x