Análise – HyperDimension Neptunia U Action Unleashed

hyperdimension-neptunia-u-action-unleashed-review-analise-pn-n_00019

Um jogo da Compile Heart que apesar de ser “Action Unleashed“, não perde a sua componente de RPG Japonês, o que já não é de todo uma novidade. A série Hyperdimension Neptunia é conhecida pela representação de vários detalhes simbólicos do mundo dos jogos e este spin-off não foge à regra.

A começar pelo nome das personagens que representam cada uma um CPU da geração anterior e têm como missão manter a paz em Gamindustri. Temos as “Deusas“: Neptune que está associada a uma consola da Sega, a Noire representa a PS3, Blanc corresponde à Nintendo Wii e Vert simboliza a Xbox 360. Para além das principais, temos ainda as suas irmãs mais novas que querem ser mais fortes para as impressionar. São elas: Nepgear associada à Game Gear, Uni para a PSP e as gémeas Ram e Rom que estão proporcionalmente ligadas à Nintendo DS.

analise-hyperdimension-neptunia-u-action-unsleashed-pn-a

Discretamente (ou não) aparecem inimigos semelhantes aos fantasminhas do Pac-Man, alguns cogumelos acompanhados de mini-partes de canos verdes ao estilo de Super Mario, e por vezes uns cubos coloridos que mudam de forma e que, “não sei porquê”, lembraram-me de Tetris.
Podemos ouvir a Neptune e a Noir a dizer em batalha: “Pretty Mysterious Neptune of Love and Justice! In the name of the Basilicom, I’ll punish you!” Sailor Moon? Estás a ouvir isto?

Acrescentadas a este jogo, temos ainda Dangekiko e Famitsu que espelham o papel de duas revistas japonesas, sendo que o propósito destas duas personagens é fazer reportagens divertidas sobre as deusas principais, apesar destas também poderem fazer missões.

hyperdimension-neptunia-u-action-unleashed-pn-n

Quanto à jogabilidade, há uma palavra que me apetece repetir em cada parágrafo: fun, fun, fun! As missões são super divertidas, o facto de ser um RPG de acção e não de batalhas por turnos dá-nos a liberdade de andar pelo cenário a saltitar, a fazer os ataques mais variados quando nos apetece e praticamente sem limites. Eu adoro que a personagem esteja em frente a uma série de inimigos fofinhos e que desate a atacá-los todos de forma aleatória e causar destruição em massa.

O sistema de combate é bastante acessível e leve, podem fazer um ataque simples usando o quadrado ou um ataque mais forte no triângulo. Para os que preferem algo mais complexo têm a hipótese de aceder ao menu de combos como num jogo de luta, diferente para cada personagem.

É interessante que se possam explorar vários tipos de armas consoante as personagens escolhidas para cada missão. Disse personagens no plural porque cada missão requer duas personagens em que, no tempo de acção de uma, a outra pode estar em stand-by a recuperar vida e stamina.

hyperdimension-neptunia-u-action-unleashed-review-analise-pn-n_00003

O ponto mais fraco das missões é que os inimigos praticamente não atacam, e outras vezes após estar muito tempo sem reagir causam dano a dobrar para compensar, o que torna os combates por vezes entediantes e pode causar situações um pouco injustas.

Um dos factores interessantes de Hyperdimension Neptunia U é que, ao invés de uma sociedade gerida a dinheiro, as personagens reúnem “medalhas” quando derrotam alguns inimigos que podem mais tarde ser trocadas por equipamento, status, upgrade, entre outros. E claro, consoante a quantidade e nível dos inimigos, as medalhas variam entre menor e maior valor.

O jogo é original e divertido ao ponto de a nossa prestação nas batalhas ser classificada com os nomes mais engraçados como “Meh“, “Godly“, “Pro“, etc.

hyperdimension-neptunia-u-action-unleashed-review-analise-pn-n_00018

Sei o quanto se pode tornar aborrecido que o jogo seja constituído por missões tanto quanto uma alforreca é constituída por água, mas sinceramente, neste caso não me incomodou. As quests são feitas em diferentes lugares do mapa com cenários bastante variados, o que faz com que mudem os inimigos e os objectivos da missão.

Em Hyperdimension Neptunia U a história não é nada pesada, na medida em que é não precisam ter jogado os anteriores da série e as missões podem ser feitas independentemente de terem ou não os diálogos. Agora em relação ao facto dos diálogos serem ignorados: ao menos dêem-lhes uma chance. São conversas completamente aleatórias e engraçadas que mostram as personagens a gozarem umas com as outras entre piadas e conversas sobre a indústria de jogos.

hyperdimension-neptunia-u-action-unleashed-review-analise-pn-n_00016

Não consigo deixar de referir que é “awesome” a forma como as personagens derrubam a “quarta parede”, quando reclamam com a Idea Factory por ter incluído “costume break” no jogo, onde as personagens ficam quase sem roupa quando a sua “armadura” já levou demasiado dano e rasga. Também é útil quando um jogador despistado como eu que vou para o menu da consola sem salvar e uma das personagens me dá um grito estridente a perguntar se eu tenho a certeza que quero abandonar os dados não gravados.

Uma boa maneira de aliviar do excesso de quests é fazer uma pausa e explorar a parte “Set Up” do menu. O jogo está tão bom graficamente que nos recompensa se formos investigar a extensa oferta que temos de o alterar visualmente. As personagens e as suas armaduras são personalizáveis, tanto na sua forma humana como em modo HDD. Vale bem a pena conhecer o design de tudo a que temos direito neste jogo, refiro-me a isto bem como aos cenários de batalha e às cinemáticas incluídas.

hyperdimension-neptunia-u-action-unleashed-review-analise-pn-n_00012

Relativamente aos inimigos, não sei se me incomoda um pouco que a sua aparência seja demasiado inofensiva e querida. Não estou a pedir inimigos “carnivoramente” assustadores, mas assim perde-se aquela emoção de adrenalina em batalha.

As traduções estão muito bem feitas, e como era de esperar, bastante expressivas. Quanto à música, não é genial mas é satisfatória e vem acompanhada duma opção em que se torna possível mudá-la durante a batalha, para escolher qual nos apetece mais ouvir em cada contexto do jogo.

hyperdimension-neptunia-u-action-unleashed-review-analise-pn-n_00010

Inicialmente (entre as primeiras 10h e 15h de jogo) só está aberto o modo principal, composto por várias missões onde o objectivo é derrotar bosses, apanhar items e enfrentar mares de inimigos. Após este modo ser concluído são desbloqueados dois extras: um modo competitivo contra os outros personagens e uma torre de desafios. Mesmo que estes dois fossem bem-vindos durante as primeiras horas para dar mais variedade à jogabilidade, não têm tanto conteúdo como o jogo-base, mas acabam por estender imenso a longevidade de Hyperdimension Neptunia U.

No geral foi um jogo bem divertido, agradável para se passar várias horas de entretenimento de qualidade. Nada stressante na minha opinião (o que é bom) e com um design bastante apelativo, a acção flui naturalmente e os gráficos não fogem à reputação do que a Compile Heart já nos habituou na PS Vita.

hyperdimension-neptunia-u-action-unleashed-review-analise-pn-n_00002

A portátil esteve bastante bem na maneira como correu o jogo, bem como Hyperdimension Neptunia U também foi “um menino bem-comportado” ao conseguir aproveitar o ecrã e fazer com que se incluíssem muitos inimigos em cada espaço.

Acredito que algumas pessoas se aborrecessem mais do que outras por ser um estilo de jogo com alguns limites. De qualquer forma, a série está a entrar num óptimo caminho sendo já possível notar muitas melhorias em relação aos jogos anteriores. E como as personagens são apaixonantes e compõem um mundo tão criativo, acho que este jogo está ao nível da nota final.

hyperdimension-neptunia-u-action-unleashed-review-analise-pn-n_00014

Positivo

  • Diálogos engraçados e refrescantes que não envolvem o peso de uma história complexa
  • Estilo de batalha simples e fluído
  • Muita cor e aspecto agradável

Negativo

  • Ritmo das batalhas um pouco irregular devido aos ataques dos inimigos serem aleatórios
  • Alguma repetição do tipo de missões

pn-muitobom-ana

Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Silver4000

Tenho estado a jogar aos poucos e é um bom descanso do gênero jrpg da série original.
Comparado ao Re;Birth 2 onde a framerate vinha abaixo com 4 inimigos grandes, é incrível o mesmo não acontecer aqui com o quíntuplo dos inimigos.

Eu estava mais à espera de um dinasty warrior style do que por quest com action-rpg, e ainda não desbloqueie os outros modos, mas um modo online até seria bom :/

E sim, a IA podia ser melhor, e se isto for jogado de forma sistemática torna-se um pouco secante (especialmente para evoluir de nível, abençoado seja aquele DLC de missões).

Ainda assim, é sempre bom ver as personagens a interagir e tirar um tempinho para dar porrada em montes de inimigos.

Kanudo

Quase me senti tentado a estrear-me nesta série, tendo em conta que é mais orientado para a acção… quase.

Continuo a achar que estes jogos são demasiados kawaii para mim xD

Silver4000

Podes sempre comprar os remakes na Steam Sale.
Nunca nada é demasiado kawaii para um homem!
Esta é mais a principal razão a qual os jogos me agradam (20:10 – 24:38)

https://youtu.be/UGbXeCTCRHk?t=20m10s

Kanudo

Tantas referências xD

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
4
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x