Análise – Gears of War: Ultimate Edition



gears-of-war-ultimate-edition-rev-top-pn

Já passaram uns poucos anos deste que a série Gears of War lançou um novo título, dois anos para ser mais preciso e o jogo em questão foi Gears of War: Judgement para a Xbox 360. Durante este tempo a Microsoft decidiu continuar o rumo da série da maneira mais óbvia e então deu seguimento à mesma na sua nova consola, a Xbox One.

Sendo assim teremos dois novos projectos da série, um remaster do primeiro jogo para oferecer um pouco de lore para quem nunca experimentou um jogo da série com o lançamento de Gears of War: Ultimate Edition e revelou também Gears of War 4, mas nesta análise vamos falar sobre o primeiro jogo.

gears-of-war-ultimate-edition-rev-4-pn

Gears of War: Ultimate Edition é uma nova oportunidade para muitos de nós experimentarmos esta série e descobrirmos do que é que se trata. O jogo que foi criado originalmente pela Epic Games e está agora nas mãos da The Coalition – estúdio que também será responsável por Gears of War 4 – e que tiveram a tarefa de adaptar o jogo à nova consola e polir grande partes das suas arestas.

O jogo decorre numa planeta fictício governado por humanos e de nome Sera que será atacado por uma raça de criaturas de nome Locust. Para impedir o seu sucesso e impedir a sua propagação temos o protagonista de nome Marcus Fenix, um soldado COG que se vê envolvido nesta guerra depois de ter estado preso. Fenix é salvo por outros COGs e junta-se a eles para libertar o mal deste planeta.

gears-of-war-ultimate-edition-rev-1-pn

Gears of War: Ultimate Edition é um shooter na terceira pessoa com um forte ênfase na cobertura. Sendo assim não se trata de um shooter frenético mas sim algo mais estratégico e que requer mais paciência. Os inimigos farão o mesmo, andando de cobertura em cobertura, por isso haverão sempre batalhas de parte a parte e nada de muito aberto e disperso com inimigos excessivamente espalhados por todo o lado.

Nem só de disparos e cobertura se rege o jogo, visto que este primeiro Gears of War da série introduziu vários factores diferentes e que mantêm o jogo interessante durante a sua jornada. Existem encontros como bosses que requerem estratégicas altamente diferentes ou então sobreviver durante a noite numa cidade com pouca luz, sendo que se pomos os nós pés em zonas não iluminadas seremos mortos por monstros que atacam nessas circunstancias.

gears-of-war-ultimate-edition-rev-2-pn

Alguns dos cenários oferecem um pano de fundo para combates simplesmente fantásticos e as situações em que nos iremos encontrar oferecem bons momentos de tensão. Na realidade nunca nos sentimos seguros neste jogo, pois as invasões e chegadas de inimigos acontecem constantemente e sempre que aparece algo novo a primeira reação é automaticamente de medo.

O jogo tem também uma performance quase perfeita a partir do momento em que o ligamos na consola. Jogadores que tiveram oportunidade de experimentar a primeira versão irão reparar que os vários polimentos que deram à apresentação em conjunto com a resolução a 1080p e os 60fps30fps no modo campanha – tornam esta nova versão altamente relevante. Os pequenos soluços ou ligeiros erros gráficos que aparecem acabam por passar praticamente despercebidos.

gears-of-war-ultimate-edition-rev-3-pn

A introdução de monstros gigantescos e algumas aberrações que nos iremos cruzar oferecem também um espectáculo visual e leva-nos também para outro ponto menos positivos que é a inteligência artificial. Infelizmente é um dos pontos mais sofríveis no jogo e que levam o jogador ao desespero ou então oferecem umas boas risadas, sejam problemas dos inimigos ou dos nossos companheiros como Dominic ou Cole. É um dos piores aspectos do jogo em certo momento portanto esperamos que sejam corrigidos no futuro.

O multiplayer volta em grande forma e promete uma experiência brutal como já é apanágio para a série. Apesar dos ligeiros retoques, continuamos a ter todos os modos e mapas originais que estavam presentes no jogo mas é de lamentar que não tenham introduzido modos que eram muito famosos no passado recente, como o modo Horde. Sem dúvida é uma maneira mais punitiva e capaz de nos ensinar ainda mais umas coisitas sobre o jogo e que poderão ser úteis para quando jogarmos o modo campanha em dificuldades maiores.

gears-of-war-ultimate-edition-rev-5-pn

Fiquei estranhamente entranhado nesta nova versão de Gears of War. Gostei da primeira versão e foi neste segundo lançado que consegui reparar nas várias nuances e boas alterações de mecânica que o jogo possui. É sem dúvida uma excelente maneira de nos introduzirmos a esta série muito adorada do mundo Xbox.

Se ainda não experimentar um jogo da série Gears of War e compraram uma Xbox One, então esta é a melhor chance que têm antes do lançamento de Gears of War 4. A The Coalition fez um bom trabalho neste jogo e conseguiu trazer uma nova versão com muita qualidade!

Positivo

  • Ambiente geral excelente
  • Cenários espectaculares que demonstram a destruição em Sera
  • Vários inimigos de tamanhos variados
  • Apresentação bem melhorada
  • Performance estável

Negativo

  • Inteligência Artificial por vezes atroz
  • Não inclusão de modos multiplayer recentes como Horde

pn-muitobom-ana

Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
mart88

lemos para quem tem os 3 originais na xbox360, vale a pena comprar versão da Xone?

LuisLimox

Se gostaste do primeiro, sim!

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
2
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x