Análise – Darius Cozmic Collection Arcade & Console

  • Plataformas: PlayStation 4, Nintendo Switch
  • Versão de Análise: Nintendo Switch
  • Informação Adicional: Imagens retiradas durante as sessões de jogo.

Penso que já devo ter dito isto antes mas não é anormal hoje em dia haver mais e mais colecções de jogos antigos. Afinal de contas os meios para jogar esses mesmos jogos são cada vez menos, e esta é uma forma de preservar estes jogos e também de os fazer compatíveis com as gerações actuais, mesmo que nada seja mudado.

A Darius Cozmic Collection é isso mesmo, trazendo até aos fãs duas colecções dos jogos da série Darius; a Darius Cozmic Collection Arcade, focado nos jogos originais que saíram para as arcadas, e a Darius Cozmic Collection Console, que trás até nós os portes e outros jogos da série que nunca saíram para arcada.

Para quem não conhece, Darius é uma série schmup, ou seja, shoot’em up, onde o jogador atravessa o cenário de forma horizontal e destrói inimigos para coleccionar power ups e assim ficar mais forte.

Começando então pela Darius Cozmic Collection Arcade, esta oferece 7 jogos diferentes, excepto que alguns acabam por ser apenas pequenas variações um do outro. Darius Old Version é a versão original do primeiro jogo desta série e talvez aquela que os mais aficionados pelo género quererão experimentar primeiro. Já pela opinião de uma pessoa que jogou uns quantos schmups, esta é a versão a evitar.

Felizmente contam com duas outras versões deste jogo nesta colectânea, a Darius New Version, que inclui um melhor balanço entre os inimigos e os power ups que o jogador recebe; e a Darius Extra Version que é ainda mais acessível aos jogadores mas que começa a elevar a dificuldade mais tarde, sendo talvez uma boa forma para os novatos verem como a coisa funciona.

A seguir temos então Darius II, a sequela do jogo original, e também duas versões do mesmo, Sagaia Version 1 e Sagaia Version 2. Estas versões alternativas de Darius II oferecem mapas reduzidos, uma modificação no balanceamento dos inimigos e até a remoção de algumas secções. Aqui os jogadores irão logo parar ao boss de cada área, e se estão a tentar rapidamente bater cada nível então as versões alternativas talvez sejam a melhor opção para testar os vossos reflexos.

Por fim temos Darius Gaiden, o terceiro jogo da série Darius e aquele que mais gostei nesta colecção. Os gráficos estão mais evoluídos, em especial quando comparado com o Darius original que apresenta um aspecto bastante datado, a jogabilidade está aprimorada e até conta com algumas novidades e a banda sonora é apelativa.

Cada jogo conta com um modo normal e uma versão de treino, embora também seja possível fazer certas modificações a partir do menu do jogo, desde mudando o aspecto que o jogo ocupa no ecrã a outras opções como dificuldade e até cheats dependendo do jogo, o que irá afectar o vosso ranking online.

Para além disso, e algo que é bastante apreciado, é o facto de cada jogo contar com uma descrição do que contém e o que é de diferente entre cada versão. Isto aplica-se tanto à versão Arcade como à versão Console desta colecção. Os jogadores também podem guardar e carregar os dados de cada jogo e assim retomar a partir de onde pararam.

Passando então à Darius Cozmic Collection Console, este conta com mais jogos, apresentando nove escolhas embora algumas delas sejam mais uma vez pequenas varações uma da outra.

Os primeiros jogos na versão de consola são três portes de Darius II. Darius II Mega Drive, que não tem o modo coop e conta com alguns bosses alterados, mas que conta com um modo especial. Sagaia Sega Genesis, um porte do jogo para a Mega Drive e que não apresenta qualquer tipo de cheat. E por fim A versão Master System de Darius II que está sob o nome de Sagaia.

Quando comparado com as suas versões de arcada, os portes de Darius II estão a sofrer com a falta de algo. Os visuais obviamente são diferentes, mas a remoção do modo coop numa destas novas versões e outras pequenas diferenças fazem com que a qualidade das versões de consola de Darius II não estejam ao alcance do original.

A seguir temos Darius Twin, um jogo que nunca foi lançado nas arcadas, sendo assim um exclusivo para consola. Darius Twin conta com duas versões nesta colecção, a versão Japonesa na Super Famicom e a versão Ocidental na Super NES. A grande diferença entre ambas as versões é que a versão original, isto é, a versão Japonesa do jogo, teve problemas de audio, fazendo com que a versão Ocidental seja a definitiva para todos.

Darius Forces, e a sua versão Ocidental com o nome de Super Nova também estão disponíveis, oferece múltiplas naves para pilotar e que possuem habilidades diferentes uma da outra. Tanto Darius Twin como Darius Forces (e as suas respectivas versões) conseguem fazer um trabalho bem melhor que os portes de Darius II, sendo duas (quatro) opções a recomendar.

Por fim temos Darius Alpha, um jogo que foi originalmente lançado no PC e que conta com vários opções como boss rush e time attack, e Darius Plus, uma versão downgrade que tem menos bosses que a sua versão original. Estas alternativas que Darius Alpha oferece são bem vindas a quem quer mais desafios, mas num todo no que toca à colecção de consola Darius Forces e Darius Twin são as melhores opções a considerar.

Positivo:

  • Algumas versões mais fáceis para novatos
  • Darius Gaiden é a melhor opção desta colecção

Negativo:

  • Darius original não envelheceu bem
  • Versões consola de Darius II não valem a pena
  • Demasiadas versões dos mesmos jogos com poucas mudanças

Share

You may also like...

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram