Análise – Criminal Girls: Invite Only

criminal-girls-invite-only-analise-review-pn_00001

Por muito que jogue quase tudo o que é criado no Japão, ainda existem jogos que conseguem criar algum desconforto inicial. Alguns passa, outros fica ao longo da aventura. Curiosamente, Criminal Girls: Invite Only segue um padrão diferente.

Visto de forma nua e crua, este é um jogo que tem sequências onde punem raparigas com aspecto acriançado com ferramentas de tortura sexual, como chicotes, choques eléctricos, entre outros.

criminal-girls-invite-only-analise-review-pn_00002

Mas olhar apenas para este elemento seria ignorar todo um jogo de qualidade, que até acaba por lidar com este elemento melhor e de forma mais adulta do que seria de esperar.

Criminal Girls: Invite Only conta a história de um rapaz que é incumbido de escoltar várias raparigas presas no inferno, de forma a pagar pelos seus pecados em vida, como única forma de voltarem ao mundo dos vivos.

criminal-girls-invite-only-analise-review-pn_00006

O principio é bastante complicado, pois todas se recusam a colaborar e são altamente irritantes, mas à medida que a história avança e a intimidade entre elas e o personagem principal cresce, começam a ficar mais simpáticas e dispostas a combater.

Em combate as coisas decorrer de forma diferente do RPG por turnos tradicional. Aqui, cada uma das quatro raparigas destacadas sugere uma acção, como atacar em grupo, usar magia, curar ou fazer habilidades especiais. Cabe ao jogador escolher a mais útil nesse turno.

criminal-girls-invite-only-analise-review-pn_00015

Felizmente, na maioria dos casos, as personagens sugerem sempre as opções ideais para esse turno, e quando surgem ataques mais fortes, logo de seguida surge a opção de defender o dano, ou outra rapariga propõem aumentar a defesa da equipa. As opções não são as que desejamos em 90% dos momentos, mas nunca existe um turno em que não se consiga fazer algo útil.

É aqui que entra então o controverso sistema de punição, pois as raparigas precisam de ser punidas para ganhar incentivo e desbloquear novas habilidades e ataques. Se podia não existir, sim, podia ser um simples sistema de evolução em menu onde se comprava as habilidades, mas tirando o facto das raparigas ficarem cada vez mais desnudadas quando a dificuldade aumenta, pode não ser do agrado de todos.

criminal-girls-invite-only-analise-review-pn_00023

A parte boa é que Criminal Girls: Invite Only não faz isto de forma maquiavélica. Este é um jogo de crescimento e aprendizagem, mas sem nunca perder a vertente cómica e a sátira. O jogo cria diversas piadas e innuendos em redor das personagens, situações e acontecimentos, os quais dão a entender que é uma paródia até do seu próprio sistema. Além do mais, existe mais da historia de cada rapariga do que parece ao início.

Onde Criminal Girls: Invite Only me conseguiu aborrecer foi na estrutura de progresso. Combater e explorar os cenários é divertido, mas alguns bosses obrigavam a carregar nos quatro botões de cada ponta do cenário para abrir uma porta. Ou era necessário matar X bichos no mesmo cenário. Estes sistemas são repetidos em demasia e começam a fartar ao final de um bocado.

criminal-girls-invite-only-analise-review-pn_00036

Em termos visuais, Criminal Girls: Invite Only tem um bom desenho de personagens e inimigos. Os cenários fazem lembrar jogos ao estilo 16-Bits, embora com um pouco mais de detalhe. A música é bastante divertida, mas as vozes em japonês são sem grande dúvida o melhor do áudio.

Mesmo sem a grande necessidade dos momentos de punição, que mesmo assim não são tão terríveis como pensam, Criminal Girls: Invite Only é um grande JRPG, com combate divertido e gratificante e alguns bons momentos de comédia que escondem críticas a muitos clichés do género. Por isso se gostam do género e não se incomodam com experiências tipicamente japonesas, então vão adorar este exclusivo da PS Vita.

[Todas as imagens presentes nesta análise foram captadas durante as nossas sessões de jogo]

Positivo:

  • Evolução das personagens
  • Bom sistema de combate
  • Exploração é recompensada
  • Diálogos e críticas com piada
  • Boas vozes

Negativo:

  • As raparigas são irritantes nas primeiras horas
  • Punição vai incomodar aos mais puritanos
  • Puzzles obrigam a percorrer o cenário vezes sem conta

pn-muitobom-ana

Share

You may also like...

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Silver4000

Então se percebi bem, no combate nunca temos mão sobre o que queremos fazer, sendo que temos de esfolhar as 4 opções oferecidas (2a imagem tirando o logo), é isso? É algo novo…

E quanto ao cast de personagens (jogáveis) é grande?

Daniel Silvestre

Ainda são umas quantas raparigas. Pelo menos dá quase para ter duas party, embora possas ir mudando ao longo do jogo.

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram
2
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x