Análise – 10000000

Caso não tenham tido a paciência para ler por extenso o nome do jogo, lê-se dez milhões. Este é um jogo que havia sido lançado no verão do ano passado para iOS, tendo tido uma recepção positiva sendo considerado como um jogo extremamente viciante com uma mecânica geral de puzzle e RPG bastante simples. O jogo foi então lançado para o PC e Mac via Steam, sendo que a produção não levou muito trabalho à EightyEight Games, visto que o jogo já estava criado para a plataforma.

O jogo é bastante simples. A nossa personagem está presa numa masmorra e precisa de sair. A saída não será fácil, visto que para o conseguir, terá que atravessar um enorme corredor numa única tentativa, eliminando todo o tipo de inimigos que se interpõem no seu caminho. Velocidade é o factor chave neste jogo, visto que nossa personagem move-se verticalmente, irá parar por cada obstáculo que se impor enquanto o ecrã anda automaticamente podendo ultrapassar a personagem. O que acontece quando a personagem toca no limite do cenário? Volta para dentro da masmorra. Parece simples, mas não é nada fácil.

Tudo gira à volta da nossa pontuação total. Para chegarmos ao fim da masmorra, precisamos então de acumular 10000000 pontos num só sprint, mas o jogo não fica por aqui. Enquanto corremos, vamos ser auxiliados por um puzzle, onde sempre que colocarmos em linha três ou mais peças numa posição horizontal ou vertical, vamos efectuar uma acção. Torna-se tudo numa corrida contra o ecrã, enquanto tentamos alinhar as peças necessárias para atravessar o obstáculo que está à nossa frente, seja uma porta trancada e precisamos de uma chave, ou então de um inimigo e precisamos de atacar.

O jogo possui também mini-objectivos que poderão ser ou não feitos, e que podem passar por matar um certo inimigo em poucos segundos, fazer uma linha de cinco peças iguais, etc. Sempre que conseguirmos atingir um determinado número de objectivos, vamos subir de dificuldade na masmorra e ter novos objectivos para efectuar. O que é que ganhamos com isto? Sempre que passamos de nível, os nossos pontos irão multiplicar ainda mais, tornando de uma certa forma mais fácil o nosso objectivo de angariar 10000000 pontos.

Como um típico RPG, vamos poder melhorar a nossa personagem por forma a tornar o nosso sprint mais fácil gradualmente. Essa melhoria passa pela sala principal onde a personagem se encontra presa. Lá existem várias salas onde poderemos usar os nossos recursos para nosso benefício, tornando a nossa personagem mais forte, resistente aos ataques ou até activar vários efeitos extra como receber mais 50% dos recursos apanhados e não só. Todas as salas chegam a um limite de melhorias, sendo posteriormente necessário fazer um upgrade à dita sala para conseguir ter novas melhorias.

Sinceramente, acho que 10000000 é um jogo bastante afunilado e demasiado simples para os que procuram uma experiência mais abrangente, mas na verdade, a velocidade a que o jogo decorre no geral, oferece uma enorme fluidez que quase impede o jogador de pensar em sair. A sua apresentação retro poderá oferecer um certo charme tanto para os gamers mais modernos como para os amantes de jogos antigos.


10000000 é sem dúvida um bom jogo da EightyEight Games, que conseguiu incorporar a fórmula de conceber um jogo relativamente simples e altamente viciante, sendo que se são fãs de este tipo de jogos de baixo custo que oferecem uma experiência bastante concisa e sincera, então é sem dúvida um jogo a não perder.

Positivo:

  • Uma experiência fresca
  • Rapidez do jogo mantêm os jogadores presos
  • Sistema de puzzle funciona muito bem
  • Apresentação retro

Negativo:

  • Algo repetitivo
  • Fraca longevidade

Share

You may also like...

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram