Yakuza 0 – Explorando Kamurocho (e arredores) #8

Tenho a dizer que completar o Real Estate com Kiryu deu um pouco mais de trabalho devido a certos minijogos que meteram-se pelo meio, mas o mais engraçado é que nem foi necessário completar todos esses minijogos para terminar com a história do Real Estate e desbloquear o estilo Dragon of Dojima. 

Tal como acontece com o quarto estilo de Majima, este também é uma junção de ataques e movimentos de todos os outros estilos de Kiryu, e também o verdadeiro estilo que Kiryua utiliza nos outros jogos da série, pois Yakuza 0 é o único jogo que decidiu criar vários estilos de combate em vez de usar um só. Dragon of Dojima é o melhor estilo que poderão usar enquanto Kiryu pois é rápido, forte e ágil, contando também com algumas outras novidades que não estão presentes nos outros estilos.

A Beast Style é um modo que melhor funciona contra grupos de inimigos e também para rapidamente eliminar adversários, em especial quando encontram objectos à vossa volta, e quanto maior o objecto for, melhor. A Beast Style é lenta mas é para isso que o jogador conta com a Rush Style, um estilo que é perfeito em combates 1v1. Rush Style é rápido mas não possui muita força, sendo mais útil para o jogador tratar rapidamente de um inimigo e desviar-se assim que o mesmo atacar (uma boa dica contra o Mista Shakedown).

Por fim, Brawler Style, este está mais perto do estilo Dragon of Dojima que os outros. Tendo um pouco da velocidade da Rush Style e da força do Beast Style. Brawler é o modo perfeito para vários encontros, pois Rush Style não funciona bem contra inimigos que estejam sempre a proteger-se, e o Beast Style é demasiado lento para atacar.

Por esta altura já não tenho muito que fazer a não ser tentar completar algumas actividades extra apenas para meter o jogo a 100%, algo que não estou inclinado a fazer devido a vários motivos. As substories que me estavam a causar mais problemas, as da discoteca e as das corridas de carros, já foram resolvidas após um par de horas de dedicação, e por agora a única coisa que ainda tenho que completar é o minijogo do clube de telefone com Kiryu, algo que ainda não fiz devido a certas razões.

Esse clube também conta com umas quantas substories, que se não estou em erro são 5 ou 6 ao todo, com 3 deles onde Kiryu consegue arranjar um encontro com uma bela rapariga e as outras 3 onde Kiryu fica a ver navios ou talvez algo pior. Pelo menos consegui ter sucesso com uma ou duas dessas substories e caso queiram também podem ir até bares de karaoke ou de bilhar e dardos e convidar a rapariga em questão. Não ficam a perder nada caso não o façam mas pelo menos o jovem Kiryu passa a noite numa bela companhia.

Se não estou em erro é por volta deste capítulo, o capítulo 10, que o Coliseu é desbloqueado. Um lugar onde espero encontrar algumas lutas e talvez outro tipo de entretenimento para eu poder usar enquanto me preparo para os combates finais contra o Mista Shakedown. Está perto, apenas preciso de mais uma montagem à la Rocky.

Mathias Marques

Editor oficial desde Agosto 2014 Para além de videojogos também gosto de anime. Podem ver-me a apregoar sobre ambos os assuntos no site em forma de notícia, artigo ou análise. Tenho a sorte de encontrar momentos parvos enquanto estou a jogar, ou de os criar eu mesmo.

More Posts

Follow Me:
TwitterYouTube

Mathias Marques

Editor oficial desde Agosto 2014 Para além de videojogos também gosto de anime. Podem ver-me a apregoar sobre ambos os assuntos no site em forma de notícia, artigo ou análise. Tenho a sorte de encontrar momentos parvos enquanto estou a jogar, ou de os criar eu mesmo.