Xbox One – Day one update; Kinect continua obrigatório e funcionalidades retiradas


Para a alegria de muitos, a Microsoft anunciou hoje que não irá cumprir com grande parta das controversas políticas de DRM que havia anunciado para a Xbox One.

Check-ins online a cada 24h, restrições de região, burocracias nos jogos usados entre outros foram riscados do plano.

Mesmo assim, a Microsoft anunciou novas políticas que não deverão causar grande transtorno, manteve outras e retirou algumas funcionalidades.

Marc Whitten da Xbox revelou ao site IGN as novidades.

Apesar das restrições online serem retiradas, é necessário ligarmos à internet uma vez apenas para descarregar um patch do dia de lançamento da consola, sendo possível jogar offline posteriormente o tempo o que quisermos.

Com a Xbox One, será possível também fazer esse update através de Tethering via Smartphone.

“Qualquer ligação que tiverem ao serviço Live será suficiente para permitir que o update chegue à consola.” afirma Whitten.

Outro ponto que continua intacto é a instalação obrigatória de jogos no disco-rígido, mas que não será grande problema visto que os jogos poderão ser jogados mesmo durante a instalação.

Jogadores preocupados ou até incomodados pelo facto do Kinect ser obrigatório, continuarão assim, visto que o sensor de movimentos mantêm-se inalterado.

“Acreditamos que o Kinect continua a ser uma parte crítica da arquitectura.” afirma Whitten.

Retiradas estão as funções de Family Share que baseiam-se em poder partilhar os nossos jogos com até 10 membros da nossa família e não só, o acesso online dos nossos jogos físicos em qualquer consola através de um simples login.

“Nós ainda acreditamos em como os jogos e o entretenimento são transformados por estarem conectados à cloud, e, francamente, vocês vão ver como nós conseguimos inovar através dessa experiência. Mas, devido a estas mudanças para permitir que se utilize discos físicos da mesma maneira de sempre, os seus jogos digitais e físicos funcionarão da mesma maneira. Isso significa que recursos como Family Share não estarão disponíveis. Outro exemplo que nós achamos incrível é a capacidade de ver todos os seus jogos na biblioteca de jogos em qualquer Xbox One. Enquanto poderá ver os digitais, será necessário trazer os seus discos físicos para os outros.” afirma Whitten.

O que acham destas declarações?

Daniel Silvestre

Fã de jogos, filmes, anime e coisas do género. Jogo desde que me lembro e adoro RPG. Tenho uma grande colecção deles que tenciono acabar. Talvez um dia no lar da 3ª idade.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebook

Share

You may also like...