Análise – Forza Horizon 4

A série Forza continua a dar cartas e mostra-se cada vez mais forte com cada capítulo que é lançado para o público. Forza Horizon mostrou-se como uma alternativa interessante no panorama do open-world, onde iremos navegar numa região, participar em eventos de corrida, interagir com outros jogadores e coleccionar mais…

Análise – LEGO DC Super Villains

Plataformas: PlayStation 4, Xbox One, Switch, PC Versão de Análise: PlayStation 4 Informação Adicional: Imagens retiradas durante as sessões de jogo. Mais um ano mais um jogo da LEGO diria eu, excepto que este não é o primeiro jogo LEGO a sair este ano, e estes têm vindo para as…

Análise – Disgaea 1 Complete

Plataformas: PlayStation 4, Nintendo Switch Versão de Análise: PlayStation 4 Informação Adicional: Imagens retiradas durante as sessões de jogo. Para ser honesto já faz anos desde que joguei Disgaea. Se não estou em erro o último encontro que tive com a série foi o terceiro jogo e desde então que…

Análise – Logitech HERO G502

  Recentemente fui convidado pela Logitech para conhecer algumas das novidades que a marca está a lançar no mercado, coisas como a nova geração das colunas MEGABOOM (BOOM 3 e MEGABOOM 3), um carregador sem fios para os iPhone mais recentes (também funciona em Android com Qi, uma nova caneta…

Análise – Rokka: Braves of the Six Flower (Vol. 2)

Volume: 2 Géneros: Acção, Aventura, Drama, Fantasia, Mistério, Romance, Shounen Publicadora JPN: Shueishua Publicadora ING: Yen Press Formato: Light Novel Após aventurar-me pelo primeiro volume que havia servido como base para a adaptação anime chega a altura de explorar o que o resto da história de Rokka: Braves of the…

Análise – Dakar 18

O Dakar é uma das provas de condução mais amadas pelos fãs de tudo o que seja competições sobre rodas. Não só é uma prova para quem tem coragem, como é uma das maiores demonstrações de tenacidade e resistência no que toca a todas as modalidades do género. Apesar de…

Análise – V-Rally 4

Adormecido há mais de uma década, V-Rally parece ter sido despertado do seu sono de longa duração para passar imediatamente da geração das 128 Bits para uma era onde os Bits já não contam e os géneros estão recheados de referências com grande veia competitiva. Para ter alguma hipótese de…

Análise – Super Mario Party

Com a Nintendo Switch no mercado já há algum tempo, era de esperar que a maioria das franquias da Nintendo acabasse por aparecer com novos lançamentos. No que toca a Mario Party, a Nintendo resolveu não ir por um Remaster e criar algo de raíz. Depois de Mario Party 10…

Análise – Astro Bot: Rescue Mission

Tendo em conta os lançamentos sucessivos de jogos VR que não são nada de especial ou ficam aquém das expectativas, Astro Bot foi mais um jogo que me passou totalmente ao lado e só mais recentemente é que comecei a ver o nome a surgir em algumas notícias. No entanto,…

Análise – Yakuza Kiwami 2

Não são todos os estúdios que conseguem fazer uma conversão melhor que o original, mas a equipa de Yakuza foi um passo à frente no que disse respeito a Yakuza Kiwami, ao renascer o jogo original da PS2 para uma nova era. Yakuza Kiwami provou ser mais do que um…

Análise – Freedom Planet [Nintendo Switch]

Já lá vão alguns anos desde que Freedom Planet foi originalmente lançado e acabou por se tornar uma referência dos jogos de plataformas. Este sucesso ditou que fosse lançado em mais plataformas e a Nintendo Switch foi a família de acolhimento mais recente. Sem grande conhecimento sobre Freedom Planet, aproveitei…

Análise – F1 2018

A Codemasters é detentora e senhora da marca F1 no que toca aos videojogos, e desde 2009 que tem feito um trabalho notável. O estúdio britânico tem aqui em mãos mais uma oportunidade de criar uma excelente experiência dentro do mundo F1, portanto vamos ver como se encontra este jogo….