Steam começa a aceitar jogos com conteúdo adulto, mudanças no sistema de pesquisa de jogos

Os fãs de videojogos Japoneses tem andado às turras com a Steam. A plataforma mais popular para os jogadores de PC tem estado um pouco contra jogos com aspecto anime, quer estes contenham conteúdo adulto quer não, sendo que em alguns casos nem qualquer tipo de nudez ou “fanservice” existia mas os mesmos eram atacados pela plataforma.

Após a reclamação deste grupo de fãs a Valve decidiu repensar a forma em como abordar este e outro tipo de conteúdo que entra na Steam, acabando por tomar algumas ideias que resolvem o problem de quem está mal. A opção de bloquear etiquetas e curadores foi dada, páginas para publicadoras e produtoras foram criadas, algo que os jogadores também podem bloquear, e agora a companhia decidiu tomar mais um passo.

Agora quando entrarem na Steam quer pela app no pc ou até pela versão web, e visitarem um jogo com conteúdo maduro como violência, nudez ou até conteúdo adulto, a plataforma vai perguntar-vos se querem ver esse tipo de conteúdo ou bloquear o mesmo, sendo que o jogador tem a opção individual para cada um, sangue e violência, nudez, conteúdo adulto e mais.

Obviamente que alguns jogos podem contar com esse tipo de conteúdo bloqueado mas no qual o jogador possa estar interessado, os mesmos vão aparecer na pesquisa mas não vão estar destacados, sendo que o jogador continua a poder ver a página dos mesmos se assim o desejar.

Para além disso as produtoras deste tipo de conteúdo são agora obrigadas a descrever que tipo de conteúdo possuem na página dos jogos para melhor informar os jogadores. Sendo que durante esta semana já foi possível ver alguns exemplos de jogos com conteúdo adulto que já anunciaram que vão lançar uma versão não censurada na Steam.

Caso continuem a não estar interessados em usar a Steam para este tipo de conteúdo, existe sempre outras plataformas/lojas que o vendem tal como tem sido feito durante todo este tempo.

Mathias Marques

Editor oficial desde Agosto 2014 Para além de videojogos também gosto de anime. Podem ver-me a apregoar sobre ambos os assuntos no site em forma de notícia, artigo ou análise. Tenho a sorte de encontrar momentos parvos enquanto estou a jogar, ou de os criar eu mesmo.

More Posts

Follow Me:
TwitterYouTube

Mathias Marques

Editor oficial desde Agosto 2014 Para além de videojogos também gosto de anime. Podem ver-me a apregoar sobre ambos os assuntos no site em forma de notícia, artigo ou análise. Tenho a sorte de encontrar momentos parvos enquanto estou a jogar, ou de os criar eu mesmo.