Sekiro: Shadows Die Twice – Hidetaka Miyazaki fala sobre mecânica de ressurreição, história e mais

Durante o fim-de-semana passado o PlayStation Blog lançou uma entrevista com Hidetaka Miyazaki, o director de séries como Dark Souls, Bloodborne e também do mais recente jogo de FromSoftware Games, Sekiro : Shadows Die Twice.

Nessa entrevista Miyazaki fala sobre a mecânica de ressurreição do jogo, revelando que a sua visão sobre ninjas (Sekiro) é diferente da de cavalheiros (Dark Souls) e que na sua opinião ninjas não são tão resistentes quanto cavalheiros devido à falta de armadura e semelhante. Miyazaki afirma então que a mecânica de ressurreição foi implementada para combater isso, dando novas oportunidades ao jogador, mas ao mesmo tempo permitindo à produtora criar maiores desafios para testar os limites do jogador. Miyazaki acaba por revelar também que está relacionado com a história do jogo e do protagonista do mesmo.

Sobre a história do jogo Miyazaki conta que em Sekiro o protagonista tem mais relevância ao contrário dos jogos anteriores da produtora, com a história a andar à volta do mesmo. Mas apesar de o novo jogo estar mais virado para história em vez de lore, isto não quer dizer que o jogo vá ser algo como derrotar um boss e ver uma cutscene, com o jogo a continuar a apresentar a história com o formato que a FromSoftware criou para os seus jogos da série Souls.

Caso estejam curiosos podem ler o resto da entrevista aqui, onde Miyazaki fala sobre outros temas e entra um pouco mais em detalhe sobre outros assuntos relacionados com a jogabilidade e história do jogo.

Sekiro: Shadows Die Twice está planeado para sair para a PlayStation 4, ainda sem data de lançamento.

Mathias Marques

Editor oficial desde Agosto 2014 Para além de videojogos também gosto de anime. Podem ver-me a apregoar sobre ambos os assuntos no site em forma de notícia, artigo ou análise. Tenho a sorte de encontrar momentos parvos enquanto estou a jogar, ou de os criar eu mesmo.

More Posts

Follow Me:
TwitterYouTube

Share

You may also like...