Quão importante é para vocês a música nos videojogos?

artigo-musica-importante-top-pn

Recentemente comprei uma versão da banda sonora de Earthbound e pus-me a reflectir sobre o papel muito importante da música nos videojogos. É um bocado como a cor numa pintura, raramente está ausente e quando bem usada cumpre um papel muito forte na experiência em si.

Não podemos jogar videojogos a todo e santo momento – digo eu – mas existe uma maneira de revivermos essas boas memórias que temos com alguns e para isso nada como por uns bons fones e ouvir aquilo que mais gostamos a caminho do trabalho ou escola no nosso leitor de MP3.

artigo-musica-importante-1-pn

Eu pessoalmente tenho uma experiência engraçada neste tema, e eu penso que não estou sozinho nisto, onde basicamente associo videojogos a certas músicas e bandas. Isto acontece porque haviam várias jogos onde eu desligava a banda sonora e punha a correr aquilo que eu bem queria. Pode parecer um pouco random, mas é-me impossível pensar em Test Drive Unlimited sem The Beatles, isto porque estava constantemente a ouvi-los enquanto jogava esse jogo.

Neste caso específico, consigo imaginar-me a percorrer a ilha do Havaí no meu Ferrari Enzo, enquanto oiço um álbum como Revolver. Cometi sacrilégios enormes como desligar a banda sonora de GTA: Vice City e ler as músicas que copiei para a Xbox original, como neste caso ouvia Deftones, Korn, Marilyn Manson… que basicamente tem tudo a ver com GTA: Vice City. Tenho estas experiências engraçadas e os exemplos são vários.

artigo-musica-importante-3-pn

Já com bandas sonoras, existem músicas que ficam muito gravadas na minha mente e neste caso lembro-me de títulos NES. Jogos como Super Mario Bros. 2, Final Fantasy 3 ou então Mega Man, são bandas sonoras que tenho de ouvir de uma ponta à outra, porque são altamente viciantes.

As adaptações em formato em orquestra ou então só em piano também constam no top da minha lista, e tenho em mente um pequeno ritual que tinha antes de dormir onde basicamente ouvia a banda sonora de Final Fantasy 5 em piano para tentar adormecer, e assim que ficasse embalado tirava os fones dos ouvidos para não ficar com os fios enrodilhados nos braços como se fosse um prisioneiro e acordar no meio da noite – não acham isso irritante?

artigo-musica-importante-2-pn

Eu vivo a música nos videojogos de uma maneira muito intensa, e tenho um gosto gigantesco em estar no meu carro e ouvir coisas completamente random como Contra da NES, e dificilmente conseguirei aceitar um jogo com a ausência deste media.

O que vocês têm a dizer sobre este tema? Têm alguma história engraçada para contar?

Share

You may also like...