Qual o melhor… OP/ED de Durarara!!?

qual-o-melhor-op-ed-de-durarara-logo-pn-n

A série Durarara!! é conhecida por várias razões, sendo a música uma delas. Entretanto, enquanto uma análise ou coisa do género, ou até mesmo um Jukebox não aparecem cá pelo site. Que tal falar-mos dos openings e endings?

Ao todo existem 5 de cada (excluíndo OVAs), dois opening e endings para a primeira temporada, e um de cada para as três partes da segunda temporada, fazendo um total de 10. Todos são bons, muito bons, mas acaba-mos sempre por ter um favorito. E numa espécie de batota, vou indicar os meus favoritos de cada temporada, uma vez que não me consigo decidir entre cada um.

Na primeira temporada não tenho dúvida sobre qual é o meu ending favorito, Trust Me por Yuya Matsushita, o primeiro ending que Durarara!! recebeu. Já o opening, não é o primeiro mas sim o segundo que a primeira temporada recebe, Complication pela banda ROOKiEZ is PUNK’D.

A segunda temporada apresenta mais escolhas, o que tornou um pouco difícil escolher, porque tal como já disse, as músicas são todas boas. Mas é o ending de Durarara!! X2 Shou, NEVER SAY NEVER da banda THREE LIGHTS DOWN KINGS, a primeira parte da segunda temporada, que ganha a medalha. Quanto ao opening, e a escolha final deste artigo, é Day you laugh por Toshiyuki Toyonaga, o opening de Durarara!! X2 Ten.

Devo dizer que a luta para a escolha da segunda temporada esteve renhida entre os meus nomeados e o op/ed de Durarara!! X2 Ketsu. Mas lá consegui destacar os meus favoritos. E quais são os vossos? Digam na zona de comentários!

Mathias Marques

Editor oficial desde Agosto 2014 Para além de videojogos também gosto de anime. Podem ver-me a apregoar sobre ambos os assuntos no site em forma de notícia, artigo ou análise. Tenho a sorte de encontrar momentos parvos enquanto estou a jogar, ou de os criar eu mesmo.

More Posts

Follow Me:
TwitterYouTube

Mathias Marques

Editor oficial desde Agosto 2014 Para além de videojogos também gosto de anime. Podem ver-me a apregoar sobre ambos os assuntos no site em forma de notícia, artigo ou análise. Tenho a sorte de encontrar momentos parvos enquanto estou a jogar, ou de os criar eu mesmo.