PróximoNível Jukebox #47 – Sonic and the Secret Rings / and the Black Knight

 

PNJ-jukebox-sonic-secret-rings-black-knight-pn

É verdade esta Jukebox é um dois em um, com estilos de música tão parecidos e tanto tempo depois do lançamento eu associo facilmente as duas bandas sonoras.

No que toca às main theme de cada jogo, eu prefiro a Knight of the Wind de Sonic and the Black Knight mas Seven Rings in Hand também não fica muito atrás.

Ambos os jogos funcionam principalmente com uma estrutura on rails com a possibilidade de parar e recuar em algumas zonas, mas o principal factor de qualquer jogo de Sonic é a velocidade e Secret Rings, melhor que Black Knight, consegue dar essa sensação.

Como em Sonic and the Black Knight utilizamos uma espada falante, a acção é distribuída entre secção rápidas e outras que envolvem um ritmo mais pausado, ainda assim a música mais medieval consegue cativar todos esses momentos.

As lutas contra Boss adoptam também elas um sistema em movimento e, em alguns casos a música é melhor que o Boss.

Depois de uma aventura por terras dos contos de fada, ou quase, é chegado o momento do Boss Final e caramba! Ambas as músicas ficam no ouvido durante anos. No caso de Sonic and the Secret Rings a música que toca é a própria Seven Rings in Hand, já no caso de Sonic and the Black Knight é With Me, na minha opinião uma das minhas favoritas de entre todos os jogos de Sonic.

E é tudo o que tenho para dizer e dar a conhecer durante este PNJukebox, até a uma próxima!

Alexandre Barbosa

Videojogos e séries de TV são o seu meio de entretenimento favorito. Desde jogos de plataformas a RPGs todos os jogos são um hipotético interesse. Ganhou também alguns traumas com certos videojogos mas isso já era de esperar. Agora já posso parar de falar sobre mim na 3ª pessoa?

More Posts

Alexandre Barbosa

Videojogos e séries de TV são o seu meio de entretenimento favorito. Desde jogos de plataformas a RPGs todos os jogos são um hipotético interesse. Ganhou também alguns traumas com certos videojogos mas isso já era de esperar. Agora já posso parar de falar sobre mim na 3ª pessoa?