PróximoNível Jukebox 34 – Especial 1 Ano – Sonic the Hedgehog

PNJ-jukebox-especial-sonic-pn

Foi precisamente há um ano atrás que o Daniel Silvestre iniciou esta rubrica (nem sempre) semanal com Sonic & Knuckles. Como forma de comemoração, este PN Jukebox vai ser dedicado às várias músicas do ouriço azul mais rápido do planeta, Sonic the Hedgehog. Já foram feitos PNJ para outros jogos do Sonic, portanto vou evitar referir músicas desses jogos.

Vamos começar com um dos clássicos da série, Sonic the Hedgehog 2. Eu tive a oportunidade de o completar quando foi lançado para a PS3 e existem várias zonas com músicas memoráveis, como Emerald Hill e Chemical Plant.

No entanto, a música que acabou por ficar presa na minha cabeça foi a de Metropolis. Mesmo com a possibilidade de gravar em qualquer momento do jogo, eu levei bastante tempo a completar esta zona, portanto inevitavelmente acabei por ouvir a música em loop dezenas de vezes. Também vou sugerir que oiçam este remix do Metaljonus que aprecio bastante.

A seguir temos Sonic CD, considerado por muitos a melhor justificação para arranjar uma Sega CD. Também arranjei o jogo quando foi lançado para a PS3, mas nunca cheguei a completá-lo, sempre achei os níveis algo confusos e a hipótese de viajar no tempo quando atingimos 88 milhas por hora (mais coisa menos coisa) só aumenta mais essa confusão.

De qualquer forma, não podia ignorar a banda sonora que quase merece dois PNJ em separado. Quer seja a versão americana ou japonesa, há-de haver alguma coisa ao vosso gosto, como por exemplo a música que decorre quando enfrentamos Metal Sonic. Eu sou capaz de tender para a banda sonora americana por causa do tema inicial, que teve direito a um remix muito porreiro dos Crush 40 e Cash Cash.

Ainda não entendo como é que uma música com este nome não foi o tema musical do Sonic Boom. Sempre teria alguma coisa positiva a dizer do jogo…

Passando para a 3ª dimensão, Sonic Heroes foi o primeiro Sonic em 3D que adquiri e foi através dele que conheci muitas das personagens do universo de Sonic the Hedgehog (talvez teria dispensado conhecer o Big). Neste jogo, controlamos grupos de 3 personagens diferentes e há um grande ênfase no poder do trabalho de equipa. Pode ser um tema fatela para alguns, mas eu prefiro isso a ver o Sonic metido em relações zoossexuais. Estou a olhar para ti, Sonic 06.

Já passou algum tempo desde que o joguei e não me lembro de todas as músicas. Sei que há uma que me dá vontade de ir à praia, mas o destaque vai para a música introdutória e a música do boss final, ambas dos nossos amigos Crush 40, uma banda que já contribuiu diversas vezes nas músicas da série.


Por volta de há 10 anos atrás, os meus pais deixaram-me escolher o que eu queria para a minha prenda de Natal, e a minha prenda de eleição foi Shadow the Hedgehog. Eu não me recordo do que achei daquilo quando o joguei na altura, e talvez ainda seja decente, mas atualmente considero o jogo muito estúpido.

O que é que passou pela cabeça da Sega em dar ouvidos aos fãs para fazer isto? Eu sei que o Shadow é suposto ser todo ‘edgy’, mas armá-lo de pistolas e metralhadoras é um bocado abusado. Pelo menos a música dos Crush 40 continua a ser o ponto alto do jogo.

Outra coisa que nunca entendi são os jogos de corrida do Sonic. Se ele é o ser vivo mais rápido do planeta, isso deveria ser indicação suficiente de que é bastante fútil tentar vencê-lo numa corrida. Será que corre devagar de propósito para dar hipóteses aos outros? Não tem nada melhor para fazer? Quem sabe.

Tudo começou com simples karts, depois pranchas flutuantes, e mais recentemente, veículos todo-o-terreno. E quando digo todo-o-terreno, é mesmo todo o tipo de terreno. Quanto a bandas sonoras, vou destacar duas músicas das sequelas do Sonic Riders, uma que saiu para PS2 e Wii, e outra para o Kinect da Xbox 360 onde a navegação pelos menus prova ser mais complicado do que jogar.

Esta seria uma boa chance de falar sobre Sonic R, mas vou deixar isso para outra ocasião (soon!).


Depois houve aquele vez em que o Sonic decidiu transformar-se num pseudo-lobisomem (ourisomen? lobiriço?). Sonic Unleashed é quase dois jogos num só: uma metade oferece níveis rápidos que se espera encontrar num jogo do Sonic ; a outra metade é um God of War que vos enche os ouvidos com a mesma música de jazz cada vez que entram em combate, algo que fazem quase o tempo todo.

O jogo é longe de ser perfeito, mas tem uma das minhas músicas favoritas da série.

Por esta altura, já devem estar fartos das minhas histórias com o ouriço azul, portanto fico por aqui. Como vêem, Sonic the Hedgehog faz parte da minha vida como jogador há bastante tempo. Nem cheguei a falar de Sonic Adventure e dos jogos para as portáteis como Sonic Advance, e ainda há vários jogos que tenho de experimentar como os que foram lançados para a Wii.

É verdade que Sonic já tropeçou algumas vezes… ok, várias vezes desde os tempos da Mega Drive, mas isso nunca o impediu de levantar e voltar a tentar. É uma série inconsistente que tanto pode surpreender como desiludir, e vai continuar a ser assim por bastante tempo. Até ao seu próximo título, apenas tenho a dizer “Gotta go fast!

Gostaram das músicas? Ouviram tudo com a velocidade a dobrar? Quais são as vossas músicas favoritas do Sonic? Dêem o vosso feedback nos comentários e até ao próximo PN Jukebox que promete ser colossal.

Sérgio Batista

Membro do PróximoNível desde 2015. Tira fotos em demasia durante os eventos.

More Posts

Follow Me:
TwitterYouTube

Share

You may also like...