PróximoNível Jukebox 32 – The Binding of Isaac

the-binding-of-isaac-pnj-jukebox-pn

Mais um jukebox, mais uma banda sonora a destacar. Bem-vindos ao PróximoNível Jukebox, desta vez dedicado ao The Binding of Isaac.

Alguns podem estar a pensar porque é que escolhi a versão original do jogo e não The Binding of Isaac: Rebirth. Afinal, o remake tem dezenas de conteúdos novos, modo cooperativo e muito mais cocó que o original.

A razão é muito simples: Danny Baranowsky.

Para quem não sabe, Danny Baranowsky é um compositor de música eletrónica que tratou da música de jogos como Canabalt, Super Meat Boy, e mais recentemente, Crypt of the Necrodancer. Apesar de nunca ter experimentado o último, o seu envolvimento tornou estes jogos, que já eram muito bons, ainda mais espetaculares, como também é o caso de The Binding of Isaac.

O remake trouxe uma nova banda sonora feita por outros compositores, e do que eu ouvi durante os meros minutos que experimentei Rebirth, já não parecia o mesmo jogo. Talvez esteja apenas demasiado habituado à banda sonora original e acredito que haja algumas faixas musiciais que não sejam muito cocó, mas continuo a achar que The Binding of Isaac não é a mesma coisa sem o Danny B.

Mas afinal do que se trata The Binding of Isaac? De uma maneira muita simples, o jogo é sobre um puto chamado Isaac que vivia muito feliz na sua pequena casa, até que a mãe dele decide ser cocó e prendê-lo no quarto, sem brinquedos e completamente nu, numa tentativa de salvá-lo dos males do mundo.

Deus, sendo o cocó que é, não está satisfeito e pede que a mãe sacrifique o seu próprio filho para provar a sua devoção. Assim que a mãe entra no quarto de faca na mão, Isaac escapa para as profundezas da cave onde terá de explorar várias masmorras recheadas de criaturas horríveis e de muito, muito cocó.

The Binding of Isaac está disponível para PC, Mac e Linux no Steam. Havia uma pequena chance de chegar à 3DS, mas a Nintendo rejeitou o jogo, devido a “conteúdo religioso questionável”.
Muito cocó, Nintendo, muito cocó.

Podem ter notado que não destaquei algumas das músicas que surgem mais perto do final do jogo, e isso é porque não cheguei lá muitas vezes, já que se trata de um jogo algo difícil. É caso para dizer que sou um pouco cocó no jogo.

The Binding of Isaac teve direito a uma expansão chamada Wrath of the Lamb, que trouxe novos desafios, inimigos, items, cocó, e claro, mais músicas do nosso amigo Danny B.

Gostaram das músicas? Preferem às do Rebirth? Quantas vezes encontraram a palavra ‘cocó’ neste artigo? Dêem o vosso feedback nos comentários e até ao próximo PN Jukebox.

Sérgio Batista

Membro do PróximoNível desde 2015. Tira fotos em demasia durante os eventos.

More Posts

Follow Me:
TwitterYouTube

Sérgio Batista

Membro do PróximoNível desde 2015. Tira fotos em demasia durante os eventos.
  • Marco Correia

    curti o artigo ir de uma cena bué seria para um loop awesome sobre cocó!

  • Matsuka

    Há rumores que o Rebirth há de sair para a 3DS. Em muitas imagens que um dos desenvolvedores costuma postar no Twitter, vê-se imagens do jogo em uma 3DS, como se fosse um Easter Egg.