PróximoNível ao Domingo T3 – Artigo 03 por Raizor

pnd-raizor-t3-3-pn_00003

Olá pessoal, espero que este Domingo esteja a ser do vosso agrado e que tenham tido uma ótima semana… e sim!! Mais um PND do Raizor.

Para começar, queria pedir desculpa por o PND só sair hoje. Supostamente devia ter saído no dia 20 de Abril (Domingo de Páscoa) mas, infelizmente, tive alguns contratempos que me afastaram do computador. Fica aqui esta pequena nota.

Bem, voltando ao assunto principal… mais um PND feito por mim. Isso é bom ou mau? Não sei bem… confesso que quando o Daniel me sugeriu que fizesse outro PND fiquei com dúvidas… “Porquê Raizor? “ porque tudo e mais alguma coisa já foi falada por aqui… vinte e tal PNDs, Modding Zone, O que diz o Fox… começa a ser difícil trazer/fazer algo “diferente”. A juntar a isso eu sou daqueles membros da comunidade que infelizmente não possui uma grande “biblioteca” de jogos…só para vocês terem uma noção nunca joguei um Zelda, MGS ou um Final Fantasy (não me batam por favor)… é algo que estou a tentar corrigir mas vai levar o seu tempo.
Apesar destas condicionantes, não podia fugir ao desafio! E cá estou eu!!

Este PND, ao contrário do anterior em que abordei os anos 90, vai ser mais pessoal… mas a nostalgia também estará presente não fosse eu o “rapaz nostalgia” não é Kanudo?

Bem, vamos lá começar isto que as pessoas estão à espera:

Para recordar:

Shinobi (MasterSystem)

pnd-raizor-t3-3-pn_00010

No meu PND anterior tive oportunidade de dizer que Sonic foi um dos meus primeiros jogos… mas Shinobi foi outro. Não há muito a dizer sobre o jogo…como todos os outros da altura era um jogo bastante simples. É um jogo de plataformas em que andamos com um ninja e temos que matar os nossos inimigos com shurikens. Ganhamos pontos a resgatar pessoas e assim vamos passando de nível para nível até chegar aos Boss final. Lembro-me que também existiam uns níveis em que o objetivo era atirar shurikens a uns bonecos a passar nuns tapetes rolantes… enfim era o que havia na altura e já não era nada mau. Algum de vocês jogou isto?

Para recordar:

Panzer Dragoon (Sega Saturn)

pnd-raizor-t3-3-pn_00009

Quando comprei a minha Sega Saturn ela vinha com um demo com vários jogos…Nights, Virtua Fighter entre muitos outros. Panzer Dragoon foi um dos que gostei mais. Não me lembro bem da história, mas acho que existia uma guerra qualquer e nós, jogadores, assumíamos o papel de Keil (estive à procura do nome na Internet) um revolucionário que parte para a guerra montado sobre as costas de um dragão bastante poderoso. A jogabilidade segue o estilo dos shooters on rails, ou seja, nós seguimos caminhos pré-determinados, mas somos livres para nos movimentarmos e desviarmos dos disparos dos inimigos. Engraçado era o facto de os disparos poderem vir de qualquer lado e nós, jogadores, podíamos girar em 360 graus para olhar ao nosso redor. Lembro-me que existia um ataque especial em que o dragão disparava vários “raios” ao mesmo tempo.
O pior disto tudo é que nunca joguei o jogo completo. Panzer Dragon a par de Dragon Ball The Legend foram os jogos que nunca consegui comprar para a Sega Saturn… para minha infelicidade.

Para recordar:

SoulBlade (PSone)

pnd-raizor-t3-3-pn_00004

O primeiro jogo de luta que joguei, se a memória não me falha, foi Street Fighter na Sega Saturn. Mas SoulBlade foi aquele que me deixou mais recordações talvez pelo modo história e pelas armas que era possível desbloquear. Lembro-me de passar tardes inteiras a passar o modo história só para desbloquear armas e personagens… e vocês perguntam e bem” Porquê tantas vezes?” … e eu respondo “Porque não tinha cartão de memória”…

Para esquecer:

FIFA 2004

pnd-raizor-t3-3-pn_00006

Estávamos nós em 2004… lembram-se do Euro 2004?! Final:Portugal-Grécia…0-1… bem se calhar não vale a pena lembrar de coisas tristes não é? …Se a memória não me atraiçoa este foi o primeiro jogo de futebol que veio com a Liga Portuguesa licenciada e com comentários em português. “BRUUTAL” pensei eu antes de experimentar o jogo…. o pior foi depois. A jogabilidade era estranha, os equipamentos dos jogadores tinham má qualidade, os comentários eram um pouco pobres também e a juntar a isso os guarda-redes sofriam sempre golo se rematássemos de uma certa zona do campo… era com cada frango !!!e se fossemos isolados para a baliza raramente fazíamos golos, os guarda-redes faziam defesas impossíveis…ou seja estava tudo ao contrário. Foi uma enorme desilusão, aliás, posso dizer que foi este o jogo responsável pela minha mudança para Pro Evolution Soccer na altura.

Para voltar a jogar:

Senhor dos Anéis – O Regresso do Rei

pnd-raizor-t3-3-pn_00001

Os jogos do Senhor dos Anéis, devem ser dos poucos que se aproveitam que vieram do cinema. Eu escolhi o Regresso do Rei porque foi o único que joguei mas penso que os outros também foram bastante bons. O jogo está dividido em três caminhos: um caminho para Gandalf, outro caminho para Aragorn, Legolas e Gimli e outro para Frodo e Sam (parecido ao que acontece no filme). O jogo no que respeita a gráficos está muito bom comparado ao que havia na altura e consegue bem retratar o ambiente que se vive no filme, aliás o jogo conta com cinemáticas do filme e até entrevistas exclusivas com os atores. O maior defeito do jogo talvez seja a sua longevidade… é um pouco curta mas de resto nada a apontar. Recomendo também que vejam os filmes que são muito bons.

Para jogar:

Far Cry 3

pnd-raizor-t3-3-pn_00005

Eu nunca joguei o primeiro Far Cry, apenas ouvi dizer que era um bom jogo por uns amigos na altura. Resolvi então experimentar o Far Cry 2 e até gostei do jogo, apesar de ter um grande problema: faltava vida naquele mapa, era tudo muito parado mas mesmo assim ainda “brinquei” bastante por lá.

Far Cry 3 despertou-me a atenção na E3 de 2012 com o trailer que a Ubisoft mostrou no evento. Fiquei com boas expectativas para o jogo e posso dizer que as expectativas foram superadas e muito. Far Cry 3 é um grande jogo com grandes gráficos e uma história envolvente. Neste jogo vestimos a pele de Jason que está a passar umas férias de sonho com os irmãos e amigos numa ilha paradisíaca. Mas a aventura acaba por correr mal quando aparecem em cena grupos de piratas e traficantes com um líder completamente “louco”.

Basicamente Jason vai ter que salvar os amigos e os irmãos das mãos de Vaas. O jogo também conta com elementos RPG, podem apreender habilidades, melhorar a armadura etc. A juntar a isto tudo posso dizer que a ilha quase tem vida própria, os animais podem atacar-nos ou até mesmo ajudar em situações de aperto contra inimigos. É um jogo fantástico! se ainda não jogaram tem que jogar, não se vão arrepender.

Para lembrar e voltar a ver :

Samurai X (Anime)

pnd-raizor-t3-3-pn_00008

Aposto que a maior parte de vocês viu Samurai X na TVI e eu não fujo à regra. Este anime decorre nos primeiros anos da Era Meiji no Japão, conta a história de Kenshin Himura ( Battousai – O Esquartejador) um pacifico espadachim que prometeu nunca mais voltar a matar e proteger as pessoas mais fracas com a sua espada. Ao longo do anime Kenshin vai fazendo vários amigos como Kaoru, Sanosuke Sagara, Yahiko entre outros. Acontece que, o seu passado( Era Tokugawa onde Keshin ficou conhecido como o lendário esquartejador), fará Kenshin utilizar de novo a sua espada contra velhos e novos inimigos. Tenho apenas um defeito a apontar a este anime – demasiado curto.

https://www.youtube.com/watch?v=ABdSlnTWw_A

Personagem de Anime:

Uchiha Itachi

pnd-raizor-t3-3-pn_00007

Eu era daquelas pessoas que dizia “Dragon Ball é e será sempre o melhor”…pois bem Naruto veio contrariar-me um pouco…eu sei que tem bastantes filllers e alguns episódios deixam um pouco a desejar no que diz respeito à qualidade visual, mas tirando isso gosto bastante. Se existe algo em que Naruto é superior a Dragon Ball é na história das personagens. E na minha opinião, Uchiha Itachi, é um grande exemplo disso. Confesso que ainda pensei no Shikamaru mas acabei por me decidir pelo Itachi.

Itachi é irmão de um dos protagonistas do anime, Uchiha Sasuke. Resumidamente Itachi pertence ao Clã Uchiha (um dos mais fortes do anime senão mesmo o mais forte) e dentro desse mesmo clã, Itachi, já era considerado um génio. Itachi tinha tudo…talento, poder e inteligência mas, para mim, Itachi tinha algo ainda mais importante que era estar “sempre à frente dos acontecimentos”.
Raramente se viu Itachi a ser surpreendido por o que quer que fosse, dava a sensação que estava sempre um passo à frente dos outros. Eu não posso estar a falar muito dele por causa dos spoilers mas a sua história pessoal é fantástica, surpreendente e de grande coragem. Acredito que deve ser a personagem favorita de muita gente.

Série Recomendada:

Two and a Half Men

pnd-raizor-t3-3-pn_00002

Sei que a maioria do pessoal agora anda numa onde de “Game of Thrones” mas não perdem nada ao ver Two and a Half Men. A série passa-se na praia de Malibu, Califórnia, o foco é sobre dois irmãos bem diferentes um do outro. Charlie Harper é um solteiro que está bem na vida, envolvendo-se em jogos, bebidas e mulheres.

Charlie tem um irmão, chamado Alan Harper, que tem um filho, Jake Harper, que junto com ele passa a morar com Charlie na sua casa na praia de Malibu, depois da sua esposa lhe ter pedido o divórcio. A série já conta com 11 temporadas. A partir da 9ºtemporada a personagem Charlie Harper é substituída por Walden Schmidt (um multimilionário na área da informática).

Pessoalmente, acho que o ator que fazia de Charlie Harper (Charlie Sheen) trazia outra alma à série mas o ator que faz de Walden Schmidt (Ashton Kutcher) também não se safa mal. Se gostam de séries de comédia tem aqui uma excelente sugestão. Não se vão arrepender de certeza absoluta.

Bem, estamos mesmo a chegar ao fim deste PND, espero que tenham gostado… eu sei que podia estar melhor… se não gostaram, faço minhas as palavras de Ricardo Araújo Pereira “ Sempre é melhor do que falecer”. E por falar em Ricardo Araújo Pereira, fica aqui um vídeo com os seus melhores momentos no Gato Fedorento. Não à nada melhor que acabar um Domingo a rir.

Cumprimentos , fiquem bem e até à próxima

Daniel Silvestre

Fã de jogos, filmes, anime e coisas do género. Jogo desde que me lembro e adoro RPG. Tenho uma grande colecção deles que tenciono acabar. Talvez um dia no lar da 3ª idade.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebook

Share

You may also like...