PróximoNível ao Domingo T3 – Artigo 02 por Lemos

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A vossa primeira recção será: “OMG Lemos! És um dos responsáveis pelo site e nunca fizeste um PróximoNível ao Domingo?!”… shame on me eu sei, mas essa falha acabou de ser colmatada!

Não vou “avacalhar” muito neste PND para tentar manter a estética habitual que costumamos ver nesta rubrica. Peço desde já desculpa pela viagem ao passado que eu vou fazer, mas como muitos de vocês devem saber, eu adoro retrogaming de morte! Para dar início a esta rubrica vou começar por falar sobre a primeira consola que alguma vez tive e que teve um final trágico, a Atari 2600.

Para recordar

Atari 2600

A Atari 2600 foi lançada originalmente 1977 e tornou-se numa das primeiras consolas a ter realmente uma expansão e uma recepção considerável no mundo inteiro. Se olharmos hoje em dia é uma consola que cumpre os padrões básicos para uma consola. Tem uma entrada para cartuchos, interruptor para ligar e desligar a consola, reset e muito mais. Esta consola era também ajustável aos televisores da altura, tal como acontece agora com as televisões de alta definição, havendo um interruptor para alternar entre imagem a cores ou a preto e branco. Um outro interruptor estava também presente na consola para alternar entre jogos.

É uma consola bastante apelativa em termos de estética e bastante straightforward naquilo que podemos fazer. As restantes consolas da competição adoptavam um estilo mais complexo e que roçava num híbrido entre PC e consola, como é o caso da Magnavox Odyssey, ou a Mattel Intellivision com um comando que mais parecia um telefone.

pnd-lemos-atari-2600-pn

Já foram há muitos anos, mas se não estou em erro recebi um daqueles clones onde apesar da caixa ser tal e qual à original, a consola tinha cerca de 20 jogos embutidos – e nenhum repetido –  o que é muito bom. Deve ter sido talvez no natal de 1992 e nessa altura já tínhamos no nosso país o GameBoy e a NES. Eu jogava apenas GameBoy e ZX Spectrum com um tio que era poucos anos mais velho que eu, e assim que tive a minha própria consola foi algo de outro mundo.

Quando abro as prendas de natal e descubro que recebi uma consola fiquei em extâse! Estava de tal maneira que mal conseguia dormir. Nessa noite apenas experimentei a minha nova Atari 2600 durante alguns minutos, mas assim que acordei de manhã no dia seguinte nem devo ter tomado o pequeno almoço para experimentá-la. O que aconteceu em seguida foi hilariante, logo na primeira manhã em que pude testar a minha nova consola de lés a lés, não foram precisas muitas horas para o transformador se queimar, não estou a brincar. Já cheira a plástico queimado e nem sabia o que havia de dizer ao meu pai. O que vale é que tudo acabou bem e nada como arranjar um novo transformador.

Infelizmente a consola teve um final muito comum, e foi preciso apenas perguntar à minha mãe:

“Eu – Mãe, onde está a minha consola antiga?

Mãe – Deitei-a a fora, era tão velha.”

Digam-me que isto não aconteceu só comigo…

Para ver

O Lemos e o seu Caruncho

Este é um projecto que já tenho andado a pensar há alguns anos atrás. Na primeira encarnação do PróximoNível tínhamos uma rubrica em vídeo que era o Nível Anterior, onde eu abordava este tema mas nem sempre o resultado final acabava por ficar do meu agrado. Infelizmente era muito verdinho no que toca a falar para a câmera, mas nunca perdi a vontade.

Graças ao sucesso de algumas pessoas que eu conheço ou de outras que tive o privilégio de trabalhar como o Rúben Remédios, senti-me bastante inspirado em fazer com que este projecto ganhasse pernas e a coisa aconteceu.

Consegui produzir dois vídeos até agora, sendo que estou a tratar de outros neste momento, e apesar de ter sido uma gota no oceano para alguns, nunca esperava ter tanta gente a ver o que eu andava a fazer. Por imensa pena minha há alturas em que eu não consigo dispensar muito mais tempo para a produção de conteúdo para o meu canal, mas não quer dizer de maneira alguma que irei pará-lo ou algo do género, muito pelo contrário.

Deixo-vos aqui o primeiro vídeo que produzi para esta rubrica e sempre que houverem vídeos novos, serão notificados aqui no nosso site.

Para ouvir

ZX Spectrum Orchestra

Não sou o maior fanático por chiptune, mas tenho em consideração várias bandas e artistas que se destacaram fortemente como é o caso de Sabrepulse, Anamanaguchi ou até os alemães Pornophonique. Infelizmente a banda que eu vos vou recomendar cessou actividade e curiosamente soube disto através de uma conversa que tive via email com a publicadora.

ZX Spectrum Orchestra são uma dupla britânica que produzia música através dos míticos PC dos anos 80, os ZX Spectrum. Brian Duffy e Mike Johnston são os suspeitos em questão e esta actividade um tanto nerd levou-lhes a ter um sucesso interessante pela cultura geek no Reino Unido.

Mesmo com duas – ou mais – máquinas bastante arcaicas, conseguiram criar músicas excêntricas, hilariantes, com palavras estupidamente banais como “DISCO”, mas no fundo conseguiram provar que estes micro-computadores têm uma capacidade bastante interessante.

Brilhante! Oiçam.

Para recordar novamente

JewWario

Não esperava escrever acerca disto aqui, mas como foi pessoalmente um dos momentos mais chocantes para mim deste ano, cá vai.

Em Janeiro soube de uma notícia que me deixou muitíssimo triste, Justin Carmichael, mais conhecido como JewWario no mundo do YouTube, faleceu. Infelizmente esta celebridade do mundo virtual cometeu suicídio e deixou para trás uma mulher e filho. A reacção das pessoas que o rodeavam não podia ser de maior tristeza e celebração pela vida deste indivíduo que intitulam como “alma bondosa e genuína”.

JewWario era um Youtuber que tinha um canal de nome “You Can Play This”, onde grande parte dos vídeos centravam-se na importação e jogabilidade de jogos antigos mas também existiam produções interessantes como a rubrica “I Love Candy“. Carmichael era também colaborador para o muito conhecido “That Guy the Glasses” e até chegou a fazer vídeos com outro Youtuber mais recente e que provavelmente devem conhecer, Angry Joe.

Pessoalmente fiquei bastante abalado porque a pessoa que eu via em vídeo parecia ser muito alegre e genuína naquilo que fazia. O seu “à vontade” e humor pertinente estavam sempre presentes e quem consegue captar esses traços rapidamente e gosta do assunto que ele fala, vasculha o resto do seu canal por mais vídeos para ver esta alma a falar sobre o que realmente gosta.

pnd-lemos-jewwario-pn

Descansa em paz JewWario.

Para jogar

Prince of Persia

A questão que eu ponho não é se conhecem o jogo, mas se alguma vez o experimentaram. Digo isto porque o jogo é um dos mais impressionantes em todos os aspectos do anos 80. Criado a partir da mente de Jordan Mechner, Prince of Persia é um jogo altamente equilibrado no que toca à sua tecnologia e jogabilidade.

pnd-prince-of-persia-lemos-pn

As minhas memórias mais vivas remontam a uma altura em que um amigo do meu pai tinha o jogo, e eu ao ver o príncipe a cair numa armadilha de picos fiquei chocado, não só pela brutalidade da imagem, mas pela tecnologia espectacular. Mechner usou o seu irmão para criar os movimentos da personagem e isto foi complementado com uma jogabilidade bastante simples. O jogo na verdade, não era assim muito fácil. Tínhamos uma hora para escapar desta masmorra mortal, derrotar todos os guardas que encontramos no caminho, evitar todos os perigos e salvar a princesa do vilão Jaffar.

Prince of Persia é um jogo minimalista, não temos muita música, não existe praticamente nenhuma informação no ecrã e isso cria um ambiente de tensão inigualável. Para além das consolas, fui um orgulhoso possuidor de um velhinho PC 386, e este foi um dos jogos que mais vezes corria nele.

pnd-prince-of-persia-2-lemos-pn

Sugiro vivamente que experimentem este jogo no vosso PC e se tiverem um comando, também podem jogá-lo assim. Os anos levaram este jogo um pouco ao esquecimento sendo que pode ser descarregado gratuitamente através de sites como Abandonware. Eu gostava de poder recomendar o remake que saiu recentemente de nome Prince of Persia Classic, mas eu acho que a magia e essência está no jogo original.

Este foi o meu primeiro PróximoNível ao Domingo, num Domingo de Páscoa. Que coincidência!

Digam o que acharam da minha prestação e deixem todas as vossas sugestões/dicas nos comentários.

Boa Páscoa para vocês todos!

Daniel Silvestre

Fã de jogos, filmes, anime e coisas do género. Jogo desde que me lembro e adoro RPG. Tenho uma grande colecção deles que tenciono acabar. Talvez um dia no lar da 3ª idade.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebook

Share

You may also like...