Preview – Wild Season

wild season 2

Wild Season é um jogo de nicho, apoiado por uma campanha de Kickstarter que desde logo fez saber que se apoiou em Harvest Moon assim percebem de imediato parte do conceito.

Como todos sabemos o Early Access consegue ser uma caixinha de surpresas, tanto para o bom como para o mau, mas o que é que encontrei ao abrir Wild Season? Bem vão ter que ler o resto do artigo para descobrir.

wild season 3

Após um menu bastante normal dei de caras com uma introdução ao estilo de Pokémon. Uma estranha fez-me 1001 perguntas mas claro que antes perdi 2 minutos a carregar em todas as teclas para descobrir qual fazia avançar o texto. É então que damos de caras com um menu para inserir o nome da nossa personagem, mas todas as teclas presentes na imagem não funcionam pelo que ainda cliquei numas quantas letras antes de me aperceber que tinha de escrever no teclado. Bem após este começo atribulado lá avancei para a história.

Nesta história a nossa personagem encontra um placar que anuncia a venda de uma quinta, junta-mos as poupanças e compramos esta quinta numa cidade longínqua. Nesta pequena (grande) cidade somos apresentados a várias personagens que se mostram bastante amáveis até ser revelado que comprámos a quinta, aí somos imediatamente tratados com desprezo, e porquê? Bem, a início não se percebe o porquê. Há medida que avançamos a história vai-se desenrolando e foi então que descobri que Wild Season é um jogo onde a história é bastante importante. Infelizmente não me senti atraído pela mesma, o que fez o jogo arrastar-se para mim, claro que a história teve as suas exceções, o que faz com que tenha ficado com uma réstia de curiosidade para voltar quando o projeto estiver concluído.

wild season 1

Após diálogos intermináveis finalmente tive algum controlo sobre a minha personagem e acesso áquilo que o jogo me prometeu, a minha quinta. Assim em Wild Season a nossa quinta está um caos a início. Existem troncos, pedras e ervas daninhas em todo o lado e precisamos de as remover para conseguir plantar algo.

Para realizar várias ações na quinta é necessário utilizar os menus para equipar diferentes ferramentas, apesar das várias instruções para navegar estes menus, não é uma navegação fácil ou intuitiva já que usa uma mistura de teclas e rato. Com o tempo lá nos habituamos.

wild season 4

É possível ver que existem várias componentes na nossa quinta como estábulos, galinheiros entre outras instalações que acabaremos por utilizar mais tarde. Como devem imaginar para começar os trabalhos na quinta iremos precisar de vários utensílios e produtos, para isso temos uma cidade com várias instalações onde podermos comprar o que precisamos.

A apresentação do jogo é agradável, as personagens têm um formato chibi no jogo, aparecendo como personagens com um design de anime durante os diálogos. Algo que notei desde logo é que Wild Season tem um aspeto demasiado grande em relação às suas personagens, acaba por ser desproporcional. Falando da música, durante o jogo existe apenas uma música que facilmente vos vai fazer retirar o som ao jogo, pois é pequena e está sempre em loop.

wild season 6

Tendo em conta que se trata de um jogo em Early Access, tenho a certeza que muito deste conteúdo será corrigido com o tempo, infelizmente aquilo que nos é apresentado neste momento é enfadonho e irritante pelo que Wild Season tem um longo caminho pela frente para nos impressionar; Isto claro se não gostarem da história, pois somos interrompidos a cada 5 minutos, quer seja para criar laços com personagens ou para avançar a história. Se gostarem desse aspeto então o jogo dá uma volta de quase 180 graus no bom sentido.

Apesar de não ser um jogo ao meu gosto consigo ver o encanto num projeto como este. Como já disse, para quem gostar da história irá certamente adorar Wild Season, caso contrário não há aqui nada que justifique a sua compra atempada. Fica apenas o desejo de voltar quando o projeto estiver terminado para uma segunda apreciação.

Alexandre Barbosa

Também conhecido como Tylarth, sou um grande fã de videojogos no geral e séries de TV.

More Posts

Alexandre Barbosa

Também conhecido como Tylarth, sou um grande fã de videojogos no geral e séries de TV.