PN Jukebox #86 – Bomberman Party Edition

Mais uma vez regresso até à era da PlayStation One e destaco um dos jogos que marcou a minha infância devido aos bons momentos que passei no jogo.

Tanto quanto me lembre, o jogo nunca teve o nome de “Party Edition“, por isso isto pode ser algo de diferenças de região ou outro semelhante. Mas como existe um outro Bomberman na consola, mais vale usar este nome para clarificar qualquer confusão que possa haver.

[Sky Fight Battle]

Enquanto que muitos conhecem Bomberman pelo modo de história/singleplayer, para mim Bomberman é sinónimo de multijogador, ou seja, mapa pequeno + quatro (ou talvez seis) jogadores = explosões por todo o lado.

Sei que já devo ter falado disto antes, mas passei vários momentos a jogar Bomberman com o meu primo, sendo que cada vez que a gente tinha hipótese este era um dos jogos de escolha para passar o tempo. O jogo é simples mas eficiente no que toca a oferecer entretenimento.

[Robo Bomber Battle]

Conhecem o género Battle Royale? Bomberman é o Battle Royale original. Os jogadores são lançados num mapa (quadrado pequeno), necessitem de recolher itens (power ups), e o mapa vai ficando mais pequeno à medida do tempo (apenas na morte súbita). Sim estou a brincar, mas esta é a explicação mais básica de como funciona Bomberman, onde tudo o que os jogadores podem fazer é atirar bombas para locais estratégicos e rebentar com a competição.

Os power ups tem umas quantas variedades, sendo que os jogadores podiam escolher o que queriam ver disponível durante as partidas. Bombas mais potentes, a habilidade de pegar e lançar bombas/inimigos, mais velocidade para a personagem, etc. Pessoalmente, cada vez que o meu primo não estava a olhar eu metia o número máximo de caveiras, pois este era um power up que tanto podia ajudar o jogador como tornar a coisa complicada, sendo possível passar para outros jogadores como uma espécie de mau olhado. De cada vez que o grupo se apercebia que eu tinha feito mais uma vez das minhas era um bom momento.

[Normal Game: Modern A]

Pessoalmente gostei sempre das vozes que as personagens faziam (que mais tarde apercebi-me de que eram as onomatopeias Japonesas), pois adiciona um pequeno charme ao jogo ouvir aqueles sons de cada vez que algo acontecia.

Sempre ouço pessoal a falar sobre Bomberman mas honestamente pergunto-me se a franquia é assim tão popular quanto parece ser. Se fosse certamente que teria mais sucesso e mais jogos, ou será que a culpa é da Konami por não focar-se muito na série?

 

Não sei o quanto Super Bomberman R vendeu, pelo menos sei que teve uma recepção mista, e isso já é melhor que nada. Agora se isso é o suficiente ou não para a Konami continuar a investir na série…

Mathias Marques

Editor oficial desde Agosto 2014 Para além de videojogos também gosto de anime. Podem ver-me a apregoar sobre ambos os assuntos no site em forma de notícia, artigo ou análise. Tenho a sorte de encontrar momentos parvos enquanto estou a jogar, ou de os criar eu mesmo.

More Posts

Follow Me:
TwitterYouTube

Share

You may also like...