PN Jukebox #75 – Blood Blockade Battlefront & Beyond

Após várias promessas feitas ao longo do ano de 2018 eis que finalmente regressa o PróximoNível Jukebox, e desta vez para sair a um paço mais organizado. É bom quando as coisas estão em ordem e em bom estado, e sabem o que mais está em ordem e num bom estado? A cidade de Hellsalem’s Lot.

Se conhecem a série então acertaram naquilo que estou a destacar hoje, ou então se leram o título, mas vamos deixar isso de lado. Sim, a manga e anime Blood Blockade Battlefront (Kekkai Sensen em Japonês) é o destaque de hoje! Mais precisamente, a banda sonora da segunda temporada.

[BLOCK SCHOOLARS feat HYBRID THOUGHTS]

Sempre descrevi Blood Blockade Battlefront como sendo uma junção de Men In Black com Samurai Champloo/Cowboi Bebop, e isto devido a umas quantas razões. Em termos de setting Men In Black é uma boa descrição, pois as personagens vivem juntamente com aliens como se tudo fosse normal, e em relação ao ambiente, Samurai Champloo e Cowboi Bebop assentam que nem uma luva.

Parte disso deve-se à banda sonora que consegue situar-se bem com o que está a acontecer e por vezes criar o ambiente perfeito. O protagonista Leonardo Watch está a cair de uma nave após ter sido raptado, juntamente com outras pessoas e bichos estranhos na cabeça? Não há problema pois B3B sabe como introduzir a banda sonora perfeita para tal situação.

[TORTOISE KNIGHT feat AI NINOMIYA]

A banda sonora consegue capturar o ambiente do anime de forma perfeita. Desde as músicas com letra que oferecem um ar diferente ao que está a acontecer há música instrumental que captura um espírito clássico. Jazz ou semelhante aparecem de vez em quando na banda sonora e dão um ar de Blood Blockade Battlefront ser um anime mais antigo do que o que realmente é. A arte e animação não ajudam muito nesse aspecto, mas não no mau sentido. O anime possui um certo filtro que lhe oferece um tom de cor mais frio que o que normalmente é visto hoje em dia.

Diria que foi a banda sonora que me conquistou e me fez continuar o anime. A início pensei que fosse apenas mais um “shounen” e após ver o primeiro episódio ainda mais convencido disso fiquei. Mas por volta do terceiro ou quarto episódio já o ambiente do anime, as personagens, a não seriedade que a história por vezes tomava e a banda sonora acabaram por me convencer de que este é um bom anime e que sabe explorar bons temas.

[Poupees Vaudoux]

Existe mais uma coisa que me convenceu a continuar com Blood Blockade Battlefront, e foi o ending da primeira temporada “Sugar song to Bitter Step”. É um dos melhores encerramentos tanto em termos de animação como música, e com a segunda temporada uma das coisas que mais temia era que o novo ending não estivesse à altura.

Felizmente os fãs tiveram sorte, o encerramento da segunda temporada está ao nível do original e combina bem com o que a série é. Verdade que o primeiro ending tem um ar mais clássico, mas o segundo ending, “Step Up Love” funciona extremamente bem, em especial quando que a animação deste ending faz imensas referências aos acontecimentos da série de uma maneira que passa de despercebida.

 

Desta vez não quero estar a tomar demasiado tempo nestes artigos, sendo que irei cortar alguns cantos e apenas destacar três músicas por PNJ. No caso de B3B existem outras que estava interessado em destacar, mas tendo em conta que vários autores criaram pelo menos uma peça para esta banda sonora o artigo iria ficar cheio de coisas, sendo que então decidi optar por algo mais directo e simples.

Mathias Marques

Editor oficial desde Agosto 2014 Para além de videojogos também gosto de anime. Podem ver-me a apregoar sobre ambos os assuntos no site em forma de notícia, artigo ou análise. Tenho a sorte de encontrar momentos parvos enquanto estou a jogar, ou de os criar eu mesmo.

More Posts

Follow Me:
TwitterYouTube

Share

You may also like...