O que jogaram durante o mês de Dezembro?

E cá estamos nós no último mês de 2017. Foi certamente um mês mais calmo em comparação aos anteriores, o que não é propriamente mau porque dá a oportunidade de pegar em alguns títulos deste ano que ainda não tinham sido jogados.

Para mim, Dezembro foi marcado por jogos mobile, e não estou a falar daqueles free-to-play chatos cheios de microtransações e anúncios. Estou a falar daqueles jogos que se compram mesmo e que valem a pena experimentar, principalmente se estiverem em desconto, como Monument Valley, Hitman GO, Data Wing (este é grátis mas é catita na mesma) e Reigns.

Na PlayStation 4, tive a EXCELENTE ideia de jogar o primeiro Knack em difícil, e foi sem dúvida uma experiência muito, muito, mas mesmo muito, muito frustrante. Felizmente joguei outras coisas melhores na consola, como Uncharted 4: A Thief’s End, War of the Monsters e PaRappa The Rapper Remastered (o 4º stage pode ir para um sítio que eu cá sei).

No PC, cheguei a arranjar o Okami HD (fanboy), mas fiquei um pouco desiludido com o port. O meu comando não é reconhecido, a draw distance podia ter sido melhorada, e ainda não é possível fazer skip à cutscene inicial do jogo. Mas quanto a lançamentos relevantes deste mês, finalmente tivemos o lançamento de Finding Paradise, a continuação de To the Moon. Apesar de não alterar muito a fórmula, a Freebird Games continua a oferecer uma história envolvente e personagens carismáticas.

Na Nintendo 3DS, desmotivei-me um pouco com o Monster Hunter Stories e decidi começar a jogar Metroid: Samus Returns. Ainda não avancei muito, mas já provou ser um título que a série estava a precisar há anos. Espero continuar a ver mais da Samus Aran num futuro próximo.

Então e vocês? O que jogaram durante o último mês de 2017?

Sérgio Batista

Membro do PróximoNível desde 2015. Tira fotos em demasia durante os eventos.

More Posts

Follow Me:
TwitterYouTube

Sérgio Batista

Membro do PróximoNível desde 2015. Tira fotos em demasia durante os eventos.