Nintendo diz que trata os jogos indies da mesma forma que títulos AAA

Entertainment Station entrevistou dois empregados da Nintendo (Nintendo Corporate Limited), no Japão, que trabalham no departamento responsável dos jogos indie.

Yusuke Soejima e Park Seong-sa falaram sobre a distinção entre jogos indie e jogos AAA, e o futuro dos jogos indie nas plataformas Nintendo.

 

Entertainment Station: Segundo a Nintendo, como é reconhecida a diferença entre um jogo indie e um jogo convencional?


Park Seong-sa: “Nas plataformas Nintendo, nós não diferenciamos títulos AAA de empresas estabelecidas e jogos indie. Na verdade, eles estão alinhados como iguais na Nintendo eShop. Nós não promovemos especialmente jogos indie só porque são jogos indie, e inversamente nós não os priorizamos abaixo de títulos AAA também.”

 

ES: (…) comparada com outras plataformas, a Nintendo eShop da Switch trata os jogos indie de igual modo a um jogo de uma corporação grande. Nos anos recentes, ‘indies’ tornaram-se na sua própria marca, especialmente no exterior, e o número de jogadores que dão prioridade a jogos indie continua a crescer também.


Park: “À medida que gerimos os nossos projetos com jogos indie, nós pensamos que seria ótimo se os jogos indie pudessem ser marcas atrativas. No entanto, o Japão tem um reconhecimento baixo sobre jogos indie, por isso primeiro queremos que os cliente reconheçam os seus pontos positivos. Nós não queremos “diferenciar” apenas por ser um jogo indie.”

 

ES: O que quer dizer com ‘diferenciar’?


Park: “Por exemplo, se nós criarmos uma loja só para jogos indie, e os clientes começarem a pensar que apenas jogos aborrecidos são colocados lá, então no futuro tu podes potencialmente ter um mercado onde apenas o rótulo “jogo indie” faz com que os clientes ignorem o produto.”

 

ES: Portanto o rótulo de ‘jogo indie’ podem ter um resultado negativo?


Park: “Apesar de que seria bom que o rótulo de ‘jogo indie’ acrescentasse sempre algum género de valor a um produto, há sempre a possibilidade que marcar algo dessa forma possa fazer com que seja ignorado por outros. Isso é algo que nós queremos evitar a todo o custo.”

 

ES: Por favor contam-nos sobre as esperanças da Nintendo para os jogos indie a médio e a longo prazo. Que tipo de visão têm neste momento?


Yusuke Soejima: “Em primeiro lugar, nós gostávamos de ser uma plataforma que os criadores escolhem para fazer os seus jogos. Apesar de não ser realmente um objetivo , antes da Nintendo Switch estar em grande, nos trailers e posters dos jogos indie, eles mostravam sempre as plataformas doutras companhias. Não dizia em nenhum lado Nintendo 3DS ou Nintendo Wii U… era uma situação onde estávamos a ser completamente negligenciados. Eu pensei, ‘eu quero mesmo ver o logótipo da Nintendo Switch ali com os outros logótipos.”


Park: “Felizmente, a Nintendo Switch está a ter sucesso tanto no Japão como no exterior, e eu penso que isso aumentou as chances de ser escolhida como uma plataforma viável. Ao manter este impulso, nós gostaríamos de tornar a Nintendo Switch numa escolha óbvia no início do desenvolvimento de um jogo.”


Park: “A longo prazo, isto é algo que não podemos tratar sozinhos, mas nós gostaríamos de ver um ciclo de jogos indie a tornarem-se fáceis de criar e a lucrar, levando a novos criadores a seguir o exemplo e a entrar na indústria.”


Soejima: “Quando um título vende bem, e é reconhecido como um IP, seria ótimo vê-lo a tornar-se num IP que perdura nas mentes dos consumidores. Aumentar o número deste tipo de títulos no contexto indie é algo que a indústria dos videojogos no geral, e não apenas a Nintendo, precisas de pensar. Finalmente, enquanto os jogos indie têm a imagem de fazer parte do mundo digital, nós começar a perceber que a comunidade à sua volta é incrivelmente analógica. As ligações entre pessoas é muito importante, e nós gostaríamos de continuar a tratar isso preciosamente.”


Nintendo (NCL) wants to avoid devaluing indie games, sees them the same as AAA, wants both on Switch [ResetEra]

Sérgio Batista

Membro do PróximoNível desde 2015. Tira fotos em demasia durante os eventos.

More Posts

Follow Me:
TwitterYouTube

Sérgio Batista

Membro do PróximoNível desde 2015. Tira fotos em demasia durante os eventos.