Nintendo continuará a não censurar jogos third-party

A Nintendo tem andado nos últimos anos mais aberto a jogos mais susceptíveis a censura e isso deverá continuar.

Shuntaro Furukawa respondeu a várias questões depois de uma reunião com os seus accionistas, e abordou o tema da censura.

Ao que parece a companhia irá manter esta abordagem mais aberta no que toca a jogos violentos ou que possam ser censurados por outro tipo de razões.

Furukawa afirma também que a consola já tem controlos parentais para que cada um de nós decida o melhor para as crianças.

Share

You may also like...