Ni No Kuni glorifica as bases dos RPG japoneses

Nos últimos anos, séries como Final Fantasy tentaram seguir uma fórmula mais ocidental de forma a atrair algum do público que vê os RPG japoneses como algo de antiquado.

Numa entrevista feita pelo site IGN a Akihiro Hino da Level-5, este defendeu o género JRPG o qual é a base de Ni No Kuni Wrath of the White Witch.

“Pata os fãs de RPG ocidentais, estes JRPG podem parecer antiquados. Em Ni No Kuni, usámos tecnologia de todo de forma a criar um jogo que não procura o realismo, trocando isso pela experiência de jogar um filme em Anime.
Ni No Kuni é um jogo que promove as bases daquilo que faz dos RPGs algo interessante. Talvez vejam esta aproximação ortodoxa como uma diferença refrescante dos muitos jogos individualistas que têm surgido no mercado.
Por isso pode ser considerado uma restauração ou reformulação dos RPG dos bons velhos tempos”.

Ni No Kuni Wrath of the White Witch está agendado para dia 1 de Fevereiro em exclusivo para a PS3.

Daniel Silvestre

Fã de jogos, filmes, anime e coisas do género. Jogo desde que me lembro e adoro RPG. Tenho uma grande colecção deles que tenciono acabar. Talvez um dia no lar da 3ª idade.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebook

Share

You may also like...