Marca XBOX “será vendida a alguém como a Sony”

Nos momentos em que a indústria passa por um momento de acalmia, eis que surge um analista para nos alegrar o dia com as suas teorias da conspiração.

Desta vez o protagonista é Adam Hartung, colaborador da publicação Forbes que decidiu escrever um artigo sobre a estagnação e possível declínio da Microsoft num futuro próximo, mais precisamente três anos.

Após explorar temas como o insucesso do Windows 8 e a perda de influência na “batalha” contra a Apple, Hartung focou-se no ramo do entretenimento e prestou declarações curiosas.

“A Microsoft não faz dinheiro algum com a sua divisão de entretenimento Xbox/Kinect, perdendo montantes avultados na sua divisão online (entre $350 e $750 Milhões negativos por trimestre). Não interessa o quanto alguém gosta dos produtos que não sejam Windows Microsoft” – provavelmente numa alusão aos títulos third-party – “sem as vendas e lucros históricos conseguidos com o Windows/Office a Microsoft não é sustentável”.

No entanto a afirmação mais curiosa ainda estaria para vir: “A divisão de entretenimento será desmembrada, vendida a alguém como a Sony ou possivelmente Barnes & Noble ou dramaticamente reduzida em tamanho. Incapaz de produzir lucro, irá cada vez mais ser vista como uma distracção na batalha pela salvação do Windows”.

Para terminar, Hartung atira: “Fim do Jogo. Ballmer (CEO da empresa) perdeu. Se continuarem a investir o vosso dinheiro na Microsoft este irá desaparecer juntamente com a companhia”.

Concordam com estas declarações ou acham-nas exageradas? Partilhem a vossa opinião na zona de comentários.

Share

You may also like...