Kevin Feige garante 95% de Guardiões da Galáxia no Espaço

Enquanto a DC e a Warner Bros. andam “às turras” para decidir o que fazer com os super-heróis, a Marvel já está na autodenominada “Segunda Fase”. Iron Man 3, Thor: The Dark World, Captain America: The Winter Soldier, e Guardians of the Galaxy estão a avançar, e à execpção dos Guardiões, a Marvel tem privilegiado sequelas, o que identifica um trabalho desenvolvido, pelos estúdios da Marvel, no âmbito da uniformidade das narrativas e da consolidação das personagens. E os louros desta iniciativa têm de ser atribuídos ao presidente da Marvel Studios: Kevin Feige.

O poderoso responsável pelo destino dos super-heróis Marvel entende que os novos produtos não devem ser mais do mesmo, que os fãs podem aguardar novas abordagens, a temas e personagens, para depois criar um climax narrativo em The Avengers 2.

Kevin Feige abriu o livro, assumindo que Homem de Ferro 3 e Capitão América 2 são iniciativas que exploram o lado emocional das personagens, que os filmes de Thor e Guardiões da Galáxia desenrolam-se preferencialmente em ambientes cósmicos. Especialmente os Guardiões, no qual 95% da acção ocorre no espaço sideral. Os outros 5% serão no Planeta Tera para explicar a origem de Star-Lord (Chris Pratt).

 

Share

You may also like...