Homem-Aranha: Marvel Studios e Sony Pictures resolvem futuro

amazing-spider-man-2-banner-novo-trailer-noticias-pn-img

A Sony Pictures e a Marvel Studios chegaram a acordo para o destino do Homem-Aranha. Após avanços e recuos, agonizados por más interpretações cinematográficas da herança do aracnídeo, o acordo foi atingido na passada segunda-feira, que mereceu um comunicado oficial na Marvel.com. Embora o Homem-Aranha seja um original da Marvel, os direitos de exploração cinematográfica pertencem à Sony Pictures, que caiu na tentação de ceder palavra criativa à Marvel, que, para além de proporcionar produções cinematográficas com qualidade, tenciona readquirir controlo sobre a biblioteca de personagens.

O novo Spider-Man fará a estreia no Universo Cinemático da Marvel em Capitão América: Civil War, onde desempenhará o papel destinado na banda-desenhada original, mas há quem diga que poderá dar um ar de sua graça já nos pós-créditos de Avengers: Age of Ultron ou Ant-Man.

O percurso a solo, numa abordagem diferente dos filmes anteriores, acontecerá a 28 de Julho de 2017, numa produção conjunta de Amy Pascal, ex-responsável pela Sony Pictures, e Kevin Feige, o director da Marvel Studios. Bob Iger (CEO da Disney) realçou a importância da notícia, destacando o valor do personagem.

Segundo Kevin Feige, a Sony Pictures continuará com os direitos financeiros, distribuição, e a palavra final no aspecto criativo dos filmes dedicados ao universo do Homem-Aranha, ficando a Marvel com a função de “consultadoria e desenvolvimento”, numa lógica de benefício mútuo e integrado.

A decisão obrigou a Marvel a reagendar alguns filmes (Thor: Ragnarok estreia a 3 de Novembro de 2017, Pantera Negra estreia a 6 de Julho de 2018, Capitã Marvel atinge os cinemas a 2 de Novembro de 2018 e os Inumanos aparecem a 12 de Julho de 2019), contudo, o reagendamento não atinge as duas partes de Avengers: Infinity War.

Embora os anúncios não sejam oficiais, é provável que os planos da Sony para o universo do Homem-Aranha tenham de ser reformulados (Seis Sinistros e Gata-Negra), bem como o fim da parceira com Andrew Garfield (claramente o MVP do reboot) e o realizador Marc Webb.

Para mim a única boa notícia é que o novo Homem-Aranha será lançado em Capitão América: Civil War, pelas mãos dos realizadores Anthony e Joe Russo, que já demonstraram que são uma das melhores apostas da Marvel.

Share

You may also like...