Hearthstone: Um mau vício saudável

Hearthstone consegue ser um jogo bastante divertido, mas que facilmente se torna um pouco time-consuming e viciante — e sem darmos conta, passamos horas a fio a jogar.

É um pouco como League of Legends. “Só mais um jogo”, pensamos nós. E depois desse jogo, segue-se outro, e outro, e outro. Apesar disso, ao menos em Hearthstone a única coisa minimamente má de lá passarmos horas é a azia depois de jogarmos contra pessoas que parecem ter a sorte enfiada num certo sítio (calham-lhes todas as cartas que precisam para combos perfeitos e depois quando nos toca a nós…calham batatas).

Isto não acontece apenas em Hearthstone, acontece em muitos outros jogos como é óbvio. Não penso que seja uma coisa necessariamente má, mas também não acho que seja uma coisa necessariamente boa.

O que é que acham acerca do assunto? Podem deixar a vossa opinião na zona de comentários.

Adriana Silva

Fã de videojogos, especialmente RPGs, Visual Novels e jogos de ritmo. Gosto de anime, light novels e séries de televisão. Devido à escolha de Steins;Gate, vim parar a esta linha temporal. Cosplayer de coração, aspiro ser uma grande treinadora de Pokémon. (pelo menos melhor que o Ash…) Se isso não der certo, contento-me com governar Hyrule ao lado do Link.

More Posts - Website

Share

You may also like...