Guardians of the Galaxy – Elenco está contra o despedimento de James Gunn

Durante a semana passada a Disney despediu James Gunn, o director que tem estado ao encargo dos filmes de Guardians of the Galaxy da MCU e que também esteve envolvido no mais recente filme dos Avengers.

Tudo começou com o aumento de actividade por parte de James Gunn no twitter com o mesmo a criticar o corrente estado do governo Americano, algumas pessoas da oposição não gostaram do que ouviram e decidiram investigar tweets antigos de Gunn, encontrando piadas que o mesmo fez maioritariamente entre os anos 2008 e 2009.

As piadas consistiam de temas sobre pedofilia e violação, algo que combinava com o estilo de humor negro que Jams Gunn tinha na altura. O mesmo acabou por pedir desculpa em 2012 e voltou a referir o assunto quando estes tweets vieram ao de cima na semana passada, afirmando que cresceu enquanto pessoa e que tanto o seu estilo de humor e trabalho que faz é diferente de à 10 anos atrás.

No entanto a Disney não achou piada à coisa (principalmente devido a problemas semelhantes que aconteceram recentemente no mundo do wrestling com Hulk Hogan) e acabou por despedir James Gunn, algo que a equipa do filme não gostou e respondeu ao acontecimento com uma declaração assinada pelo elenco principal e outros envolvidos como Sean Gunn que tem o papel de Kraglin nos filmes.

A declaração afirma que a equipa suporta James Gunn e que o quer ver de volta como director do próximo Guardians of the Galaxy. A equipa também avisa que devido ao corrente estado político da América que casos iguais a este irão continuar a acontecer e para o público deixar de se levar pela mentalidade em massa.

De momento a Disney ainda não respondeu a esta declaração, mas Dave Bautista, que tem o papel de Drax nos filmes, tem estado activo no twitter sobre o assunto.

Mathias Marques

Editor oficial desde Agosto 2014 Para além de videojogos também gosto de anime. Podem ver-me a apregoar sobre ambos os assuntos no site em forma de notícia, artigo ou análise. Tenho a sorte de encontrar momentos parvos enquanto estou a jogar, ou de os criar eu mesmo.

More Posts

Follow Me:
TwitterYouTube

Share

You may also like...