Gearbox está a ser processada por prémio secreto de 12 milhões de dólares dado a Randy Pitchford

A Gearbox Software vê-se novamente envolta num processo um pouco complicado.

O ex-advogado da companhia de nome Wade Callender que trabalhou para a Gearbox de 2010 até 2018 foi processado pelo estúdio por abuso do cartão de crédito, empréstimos e não só.

Callender respondeu à acusação revelado alguns detalhes estranhos, mais propriamente um prémio de 12 milhões de dólares que foi oferecido secretamente a Randy Pitchford.

Ao que parece esse dinheiro deveria reverter para pagar os devs e para ajudar na produção do novo Borderlands, mas tal não aconteceu.

Vamos ver como ficará este caso.

Share

You may also like...