Game of Thrones T6 – Resumo “Book of the Stranger”

AVISO: Este artigo contém spoilers do 4º episódio da temporada 6 de Game of Thrones. Se ainda não o viram, voltem aqui após o terem feito. Não me culpem se ficarem a saber antes do tempo que Brienne x Jaime provavelmente não vai acontecer.

Mais um episódio, mais um resumo. Tal como o artigo anterior, este vem alguns dias atrasados, mas ao menos espero que tenha sido tempo suficiente para toda a gente ver o episódio “Book of the Stranger“. Assim é mais provável ninguém ficar chateado com a imagem de destaque que escolhi, porque aparentemente é um pequeno spoiler. Não percamos mais tempo e vamos relembrar o que aconteceu, a meu ver, no melhor episódio desta temporada até agora.

O episódio começa em Castle Black onde Jon Snow está a preparar as malas para tirar uns férias merecidas no sul e apanhar um bronze. Contudo, esses planos são colocados de lado com a chegada de Sansa Stark e temos o nosso momento “Awww que bonito” ao abraçarem-se após não se verem desde a 1ª temporada. Sansa tenta convencer Jon a recuperar Winterfell, mas ele não está muito convencido (ele queria era mesmo apanhar um bronze).

No meio desta reunião, não me tinha ocorrido o quão problemático é ter Brienne of Tarth no mesmo espaço que Davos Cebolas e Melisandre. Brienne admite à frente dos dois que foi ela quem executou Stannis Baratheon e o Cebolas ainda questiona o que aconteceu à princesa Shireen. Parece que o clima dentro de Castle Black não está tão frio como julgávamos.

game-of-thrones-t6-book-of-the-stranger-08-pn

Seguimos para leste onde voltamos a ver Robin Arryn, que fico com o título de pior criança em Westeros após a morte de Joffrey. Mas mais interessante do que isso é o regresso de Petyr “Littlefinger” Baelish que demonstra com muita pinta quem manda ali no Vale é ele. Com o pretexto de salvar Sansa, parece que o exército dos Arryn vai juntar-se ao Wrestlemania do Norte que está a chegar.

Em Meereen, Tyrion Lannister discute com os mestres para arranjar uma maneira de reduzir os conflitos na cidade. No entanto, Missandei e Grey Worm não estão muito convencidos com os termos combinados e tentam avisar Tyrion que pode estar a ser enganado. Eu acredito que Tyrion tenha um plano para lidar com o problema, mas para tal funcionar é preciso que Daenerys volte a Meereen o quanto antes.

Felizmente isso está mais próximo de acontecer já que o duo Jorah e Daarios chegam à terra dos Dothraki, e tal como eu suspeitava, parece que há orgias todas as noites por lá. Daarios tem alguma dificuldade em deixar para trás a sua faca favorita (é uma faca muito boa) e descobre que Jorah sofre de cancro da pedra. Juntando isso e talvez a sua velhice, Jorah é quase morto por um dothraki mas conseguem chegar até Daenerys. No entanto, ela tem outros planos…

game-of-thrones-t6-book-of-the-stranger-02-pn

Em King’s LandingMargaery Tyrell e o Alto Pardal têm uma pequena conversa e até ficamos a conhecer um pouco melhor sobre o passado dele. Mesmo que a deixa ver o seu irmão Loras, Margaery não anda muito convencida com todo aquele paleio dele. O seu Walk of Shame está para breve e a Vovó Tyrell não vai querer nada disso, portanto o Alto Pardal é capaz de ter uma pequena surpresa no próximo episódio.

Voltamos a assistir a outra reunião entre irmãos com a chegada de Theon Greyjoy a Pyke. Yara está ainda um pouco chateada com o que aconteceu quando tentou salvá-lo, mas Theon quer ajudá-la a tornar-se na governante das Ilhas de Ferro. Isso lembra-me que nunca mais vimos o Euron Greyjoy que matou o pai deles. Onde está o tal Deus Afogado, o Tempestade?

Continuamos para Winterfell onde Ramsay Bolton aumenta a sua lista de vítimas com a morte de Osha. Ele envia uma carta deverás agradável a Jon Snow onde informa que tem Rickon como refém e exige que entregue Sansa. Está visto que o Jon não vai tirar férias tão cedo e vai precisar de alguma ajuda para ter alguma hipótese contra os Bolton.

game-of-thrones-t6-book-of-the-stranger-13-pn

Concluímos o episódio em Vaes Dothrak onde os vários khals dos Dothraki decidem que destino desagradável irá ter Daenerys. Mas ela já não tem muita paciência para este patriarcalismo e acaba por queimar toda a gente dentro do templo, saindo de lá ilesa do meio do fogo tal como fez no final da 1ª temporada. Custa um pouco acreditar que todos os Dothraki aceitam obedecê-la depois de destruir praticamente toda a hierarquia social da tribo, mas que foi um momento brutal isso foi. Agora que tem os Dothraki no seu lado, será desta que Daenerys vai para Westeros?

Avaliação: muito bom
Nº de morte: 18 (grande parte estorricada)
Nível de nudez: This girl is on fire!

 

O que acharam deste quarto episódio? Não se esqueçam de comentar e cá estarei de voltar para falar do próximo episódio, “The Door“. Até lá… quem mais sentiu o clima entre a Brienne das Tartes e o Tormond Barbudo?

Sérgio Batista

Escolhido da ‘pug life’ que gosta sempre de arranjar jogos novos para a PS2.
Cosplayer casual, tira fotos em demasia nos eventos.

More Posts

Follow Me:
FacebookYouTube

Sérgio Batista

Escolhido da ‘pug life’ que gosta sempre de arranjar jogos novos para a PS2.
Cosplayer casual, tira fotos em demasia nos eventos.