Especial – Jogos favoritos de Star Wars

star-wars-lord-vader-pn

Star Wars é uma das franquias de ficção científica mais icónicas e populares de sempre, ao ponto de ter direito ao seu próprio feriado que teve origem num trocadilho com a data de hoje e a frase “May the Force be with you” (May the fourth be with you).

Para comemorar este dia, cada um dos membros da equipa do PróximoNível vai falar de um jogo Star Wars, quer seja o seu favorito ou porque o marcou de alguma forma.

Aqui têm as nossas escolhas:

 

star-wars-the-force-unleashed-especial-pn

Alexandre Barbosa – Star Wars: The Force Unleashed

Star Wars para mim significa vooowww weeeeummm (sim não faço ideia como transpor para a escrita os efeitos sonoros dos sabres de luz), mas também significa que numa galáxia distante alguém está a ter uma aventura bem mais interessante do que qualquer coisa que se passa neste terceiro calhau a contar do Sol.

Agora sobre o jogo de Star Wars que mais me marcou… bem de certa forma o Star Wars: The New Droid Army marcou-me por ter sido o primeiro jogo de Star Wars que joguei, mas foi o The Force Unleashed que realmente me puxou para a série.

Sempre tive um fraquinho por anti-heróis, são aquele tipo de personagem que não se rege pelo bem ou pelo mal, faz o que bem lhe apetece. E foi isso que vi nestes dois jogos, Starkiller é uma personagem que desde logo despertou o meu interesse. Não vou aqui fazer comparações com a história dos filmes, mas fiquei satisfeito com a personagem em si. E foi também o primeiro jogo onde a ideia de ser um Jedi me agradou pelos controlos e pela apresentação.

Em The Force Unleashed II confesso que a história já não foi tão boa, mas gostei muito mais da jogabilidade, e trocaria sem pestanejar o novo Battlefront por um jogo com um maior sentido de aventura como estes.

Apesar de tudo o que se passa no presente com a série, fico contente por uma nova trilogia e parece que é altura de fazer o que até hoje nunca consegui… ver a trilogia original de seguida.

 

star-wars-knights-of-the-old-republic-kotor-especial-pn

Daniel Silvestre – Star Wars: Knights of the Old Republic

Embora seja um grande fã de Star Wars: Battlefront, foi Star Wars: Knights of the Old Republic que mais me agarrou.

Este jogo foi a génese do que iria resultar em Mass Effect, por isso dá para ver o quão avançado estava para a sua época.

Star Wars: Knights of the Old Republic ainda é um dos melhores RPG de acção feitos até hoje e um grande exemplo de como é possível criar uma boa história de Star Wars sem base nas personagens famosas dos filmes.

 

Star-Wars-Episode-I-Jedi-Power-Battles-especial-pn

Luís Lemos – Star Wars Episode I: Jedi Power Battles

Para não escolher um dos meus RPGs favoritos visto que já está a ser mencionado neste artigo, Star Wars: Knights of the Old Republic, tenho que destacar um outro título que experimentei desta saga cinematográfica de George Lucas, Star Wars: Jedi Power Battles. O jogo foi lançado em 2000 tenho chegado primeiro à PSOne e depois à Dreamcast e Game Boy Advance.

A versão que acabei por jogar foi a da Dreamcast e se a memória não me falha, foi o primeiro jogo Star Wars ao qual eu dei grande atenção. Não era o melhor jogo de sempre, um pouco repetitivo e até com alguns bugs, mas o facto de podermos escolher um mestre Jedi e destruir os inimigos bem ao género hack and slash agradou-me rapidamente.

O que mais me agradou no jogo e acabou por ficar gravado na minha memória foi o facto de podermos acabar com os vários inimigos que apareciam no ecrã sem pensar muito na fraca qualidade do jogo. Fique bastante impressionado também com a qualidade sonora do jogo e com a música que acompanhava os vários cenários e combates que íamos efectuando.

A possibilidade de podermos imitar os combates que vimos no filme acima mencionado e replicar algumas das habilidades que eram só possíveis no grande ecrã, como desviar balas com o nosso sabre de luz, usar a força para cuspir os inimigos pelo ar deixaram-me agarrado por muitas horas neste jogo produzido pela própria LucasArts.

 

star-wars-battlefront-2-especial-pn

Mathias Marques – Star Wars: Battlefront II

O primeiro jogo de Star Wars que joguei e um dos melhores da franquia.

Desde o modo Galactic Conquest a Hero e Space Assault que passei bons momentos, tendo sentido apenas a falta de uma melhor IA ou modo online (na altura da PS2 era preciso umas manhas para poder jogar online).

Ser um Clone Jet Trooper e andar pelos mapas com um jetpack foi uma das melhores experiências, tal como todas as batalhas espaciais que tive, onde acabava por invadir a nave mãe para a destruir por dentro, ou até mesmo ser um Jedi/Sith e usar os sabre de luz e a força em mapas icônicos dos filmes contra outras personagens famosas era sempre divertido.

Sendo essa a razão pela qual espero a nova entrada da série Battlefront e que saia melhor do que o que tem sido anunciado ultimamente.

 

star-wars-jedi-knight-academy-especial-pn

Roberto Silva – Jedi Knight: Jedi Academy

O sonho de qualquer fã da saga Star Wars será sempre o de poder usar a Força a seu bel-prazer, no entanto ainda não é possível (ou pelo menos ainda não foi provado como) chegar a esse tal geek nirvana. Mas no entanto existem duas coisas que nos fizeram chegar perto desse ponto. Um são as portas automáticas dos centro comerciais, a outra é Jedi Knight: Jedi Academy.

E ainda melhor! Podíamos customizar a nossa personagem à nossa medida! O jogo não era (e continua a não ser) bonito mas era acção do início ao fim com especial enfoque no uso da Força para resolvermos os mais variados puzzles e derrotarmos as malévolas forças que planeiam o regresso de Ragnos. E se a acção non-stop da campanha não vos satisfizesse o apetite ainda tinham um glorioso modo multiplayer para vos dar muitas mais horas de diversão.

 

lego-star-wars-the-video-game-especial-pn

Sérgio Batista – LEGO Star Wars: The Video Game

Em 2005, eu não tinha bem noção do que era Star Wars, apesar de ter o VHS do The Phantom Menace e conhecia algumas referências como o mítico “Luke, I am your father.”

Quando arranjei a minha primeira Revista Oficial da PlayStation 2 (ROPS para os amigos), tive a oportunidade de experimentar a demo de LEGO Star Wars, provavelmente o primeiro jogo LEGO licenciado da Traveller’s Tales que desencadeio todos os outros. Depois de jogar aquilo, por alguma razão desconhecida, algo clicou.

Mais tarde, arranjei o jogo e adorei aquilo. Foi o primeiro contacto a sério que tive com a franquia e que despertou-me curiosidade em conhecer melhor a história. Revi o The Phantom Menace, aluguei o DVD de Attack of the Clones, e fui ao cinema ver The Revenge of the Sith que estreou naquela altura por coincidência.

Sim, as prequelas não são grande espingarda, mas se não fosse por esses filmes e ao jogo onde podia desfazer pequenos robôs em peças de LEGO com a Força, nunca teria chegado a fazer uma maratona para ver a trilogia original, e muito menos teria me tornado um fã desta enorme guerra das estrelas.

———-
Gostaram das nossas escolhas? Qual é o vosso jogo Star Wars favorito? Não se esqueçam de comentar e que a Força esteja convosco.

Sérgio Batista

Membro do PróximoNível desde 2015. Tira fotos em demasia durante os eventos.

More Posts

Follow Me:
TwitterYouTube

Share

You may also like...