Análise – Farming Simulator 15

Existem vários tipos de jogos que ficam muito bem no PC, e que por várias razões não dão o salto para as consolas. Um jogo como Farming Simulator é um desses, afinal, é dedicado a um nicho de jogadores que têm alguma espécie de fascínio por este género e conseguem…

Análise – Omega Quintet

A Compile Heart é uma companhia de jogos que faz parte da Idea Factory, conhecida por desenvolver jogos do tipo Puzzle e RPG’s Japoneses. Omega Quintet é um dos primeiros JRPG lançados para a PS4 sendo que estão muitos mais na calha para os próximos tempos. A base da história de Omega Quintet…

Análise – Mortal Kombat X

Parece que já vão longe os tempos em que Mortal Kombat perdeu o rumo e começou a extravasar além dos limites do bom senso, mesmo para um jogo em que arrancam espinhas pelo pescoço ou esmagam corações pela caixa torácica é normal. Mortal Kombat 9 foi uma aposta ganha e…

Análise – Assassin’s Creed Chronicles China

Asassin’s Creed Chronicles China segue a história de Shao Jun após os acontecimentos de Assassin’s Creed Embers. Assassin’s Creed Chronicles China não é um estilo de jogo novo na série, tendo parecenças com Assassin’s Creed: Altaïr Chronicles e Assassin’s Creed II: Discovery; estes dois jogos foram lançados para a Nintendo…

Análise – Toukiden Kiwami

Embora Monster Hunter venha a ser a eterna referência no que toca ao estilo Hunter Game, a verdade é que têm vindo a surgir bons jogos que emulam o seu estilo. Curiosamente, com a ausência da série na PS Vita, acabaram por surgir várias opções para colmatar a sua ausência….

Análise – Bladestorm: Nightmare

Como é possível ver pelos seus esforços mais recentes, a Omega Force consegue fazer mais jogos do que apenas Dynasty Warriors, embora a maioria sejam spin-offs da série com o mesmo motor de jogo. Já lá vão alguns anos desde que Bladestorm: The Hundred Years War foi lançado, por isso…

Análise – Bloodborne

Tudo começou na PS3 com Demon’s Souls e o ciclo volta a fechar, com o regresso da From Software em exclusivo a uma consola da Sony, agora com Bloodborne na PS4. Quem diria que um jogo tão incomum e desafiante iria acabar por suscitar o interesse por jogos difíceis e…

Análise – DmC: Definitive Edition

Nos áureos tempos da PlayStation 2 haviam vários nomes que ecoavam na mente dos jogadores, e se pudéssemos recuar um pouco no tempo a série Devil May Cry de certeza que era das poucas que se destacava com uma enorme intensidade. Foram três os jogos lançados para a PS2, pelo…

Análise – Final Fantasy Type-0 HD

Embora Final Fantasy 15 esteja em produção há praticamente uma década, quando a Fabula Nova Crystallis foi anunciada, foi metido lá pelo meio o jogo Final Fantasy XIII Agito. Este jogo destinado à PSP sofreu várias transformações, modificações, mas conseguiu ver a luz do dia alguns anos depois. Infelizmente, apenas…

Análise – Helldivers

Helldivers é um jogo típico da Arrowhead Game Studios. Carregado de um humor bastante carcterístico, jogabilidade desafiante e desenhado para funcionar melhor em co-op do que se forem a jogar sozinho. Neste Twin-stick Shooter vocês controlam um Helldiver, um membro da força de elite da recentemente unificada Super Terra, cujo…

Análise – Zombie Army Trilogy

Se o cinema também recebe filmes de série B, porque razão não pode acontecer o mesmo com videojogos? Deve ter sido isso que a Rebellion pensou quando resolveu compilar Zombie Army Trilogy para o PC, PS4 e Xbox One. Para quem não sabe, esta trilogia é composta por dois episódios…

Análise – Dragon Ball Xenoverse

Os jogos de Dragon Ball são tão inconstantes como a meteorologia. Tão depressa dizem que vai fazer sol, como depois está a chover, e quando menos se espera, está um sol de rachar em pleno Inverno. Esta comparação pode parecer estranha, mas está bem próxima da realidade, afinal, estes são…

Análise – Super Stardust Ultra

Com tantos jogos a sofrer remakes e remasters, porque razão um indie de culto não poderia seguir o mesmo caminho. Foi isso mesmo que aconteceu com Super Stardust HD que chegou à PS4 como Super Stardust Ultra. As novidades não são muitas para quem o jogou na PS3, mas continua…

Análise – The Order: 1886

Ora bem, a análise do The Order 1886 foi sem dúvida um osso duro de roer. Por norma, tento sempre manter-me afastado das intrigas e spoilers que possam surgir antes de jogar algo para análise, mas como podia eu proteger-me das inúmeras notícias e rage que surgiram pela internet? O The…

Análise – Suikoden e Suikoden 2

Depois de uma era dourada nas 16-Bits com dezenas de JRPG que ficaram marcados na história e nas preferências de muitos jogadores, a era das 32-Bits viu uma evolução visual que trouxe vários jogos do género para o plano tridimensional. No entanto, os dois primeiros Suikoden resolveram permanecer fieis às…