Análise – Contrast

A imaginação é algo muito forte, a força de vontade desta consegue destruir barreiras e resolver os puzzles mais complicados que existem. Ao menos é isso que Contrast nos ensina, um dos grandes jogos Indie deste ano que chegou de rompante ao PC e algumas das consolas presentes no mercado…

Análise – LEGO Marvel Super Heroes

Quando os jogos de LEGO começaram a utilizar personagens de séries licenciadas, poucos acreditavam que esta experiência pudesse resultar em vários jogos, mas foi isso mesmo que aconteceu. Desde que os LEGOS usaram a força em LEGO Star Wars ou destruíram o anel em LEGO Lord of the Rings, que…

Análise – Football Manager 2014

Já lá vão quase 10 anos desde que vimos o primeiro jogo da série ser lançado pelas mãos da Sports Interactive. Football Manager é um jogo que conseguiu manter a fasquia de qualidade alta sem oscilar muito para qualquer um dos lados. Este ano não escapamos a mais um jogo…

Análise – Proteus

Proteus não é de todo um daqueles grandes jogos de um estúdio conceituado e que promete entrar no mercado dos vídeo jogos a matar. Estamos perante um jogo modesto e “ligeiramente” menos dispendioso que os triple A games que se costumam encontrar à venda nas lojas, mas em que é…

Análise – A Walk in the Dark

Embora esteja tudo de olhos postos no Crime no Hotel Lisboa dos Nerd Monkeys, existem mais jogos portugueses dignos de nota que chegaram ao mercado durante os últimos tempos. Estava eu ainda no MyGames, quando fui convidado para uma Pizza Night Party da Microsoft, onde iria fazer de jurado para…

Análise – WRC 4

Ao longo das últimas temporadas, a chegada de um jogo de WRC era sempre feita com pompa e circunstância, tendo até lugar na televisão. Estranhamente, a edição deste ano passou bastante ao lado das luzes da ribalta e chegou algo “camuflada” pela calada, entre outros lançamentos de peso e sem…

Análise – Batman Arkham Origins

Batman está de regresso, depois da excelente estreia em Arkham Asylum e da grande sequela de Arkham City, o herói da DC Comics volta para nos mostrar como tudo começou. Batman Arkham Origins é uma prequela da história o que fará com que desta comecemos do 0, quando Batman se…

Análise – Skylanders Swap Force

Com a chegada do final do ano, começam também a chegar os produtos que apelam de certa forma às camadas mais jovens de jogadores. Entre estes vários produtos estão os Skylanders, que apesar de manterem a seu interesse perto dos jogadores mais novos, também apela de certa forma ao colecionismo…

Análise – FIFA 14

Com a temporada 2013/14 já em andamento eis que chega um dos jogos que irá colar os amantes do mundo do futebol ao comando da consola, o FIFA 14. A série FIFA tem estado em grande nos últimos anos e parece não querer perder o seu lugar de destaque, a…

Análise – PES 2014

Muitos dizem que o futebol é como uma religião, em que os crentes seguem os seus clubes e cores como quem venera entidades divinas. No campo dos desportos digitais, o mesmo sucede com a segregação entre PES e FIFA, uns jogam o simulador da Konami outros o da EA e…

Análise – Total War Rome 2

Depois do regresso à época feudal nipónica com Total War Shogun 2, a Creative Assembly traz-nos agora possibilidade de reviver as épicas batalhas do império romano. Total War Rome 2 vem satisfazer o desejo de muitos dos fãs da série, que há muito esperavam por uma sequela de Rome Total…

Análise – Ducktales Remastered

Existem vários jogos de plataformas que marcaram a nossa infância. Seja com Sonic ou Super Mario, Alladin ou Rei Leão, Toy Story ou Fantasia, existe sempre um jogo que recordamos com boas memórias. No meu caso, Ducktales não é um desses jogos. Apesar de ter visto alguns episódios da série e…

Análise – Civilization 5: Brave New World

Civilization 5 tornou-se num título que impõe respeito graças a um sistema estratégico aprofundado e uma mecânica viciante. O jogo foi lançado em 2010 e durante estes três anos continua a deixar jogador colados ao ecrã com a sua complexidade estratégica que mesmo assim consegue ser facilmente absorvida por quem…

Análise – MotoGP 13

A prova rainha no que toca a corridas motorizadas em duas rodas já passou por várias edições este ano, mas isso não é motivo para que MotoGP 13 não possa dar mais vida ao campeonato. Depois de ter passado pelas mãos da Capcom, este ano cabe à Milestone Studios (WRC)…

Análise – Company of Heroes 2

Quem me conhece sabe bem que os jogos de RTS e estratégia não são bem o meu forte. É verdade que jogo Age of Empires e até League of Legends que englobam algumas semelhanças, mas existe algo que se opõem entre mim e o controlo de muitas unidades ao mesmo tempo….

Análise – Remember Me

Muitos são da opinião que esta geração já está a durar há imenso tempo e que é difícil criar algo novo ou relevante em hardware que já está bastante atrasado em comparação ao PC e que apenas o atrasa. Porém, jogos como The Last of Us, Dishonored ou Ni No…

Análise – GRID 2

  Os jogos de corrida são detentores de muito mais liberdade do que outros desportos, como é o caso do Futebol ou Baseball. Fazer algo diferente e realmente inovador é complicado, mas com tantos estilos de competição explorados, até os jogos de corridas já não têm muito por onde fugir….