Análise – Octopath Traveler

Depois do estilo mais retro ter sido deixado completamente de lado pela maioria das grandes distribuidoras, foi graças aos jogos Indie que o visual dos jogos mais antigos voltaram à ribalta em novos formatos. Com a vontade de recuperar estilos antigos, foi também visível as sucessivas tentativas de fazer renascer…

Análise – Splatoon 2: Octo Expansion

Depois de uma campanha que apesar de ter um conteúdo superior ao 1º jogo mas que mesmo assim acaba por deixar uma imagem mais fraca, eis que chega aquilo que faltava ao modo single-player de Splatoon 2, níveis complicados. Octo Expansion é um 2 em 1. Por um lado entrega…

Análise – BlazBlue Cross Tag Battle

O lançamento de um novo jogo de luta é sempre uma boa oportunidade para proporcionar mais momentos de alegre disputa entre amigos e aguerrida rivalidade online. Especialmente em jogos mais técnicos como os da Arc System Works. Tudo isto fica ainda mais interessante quando se juntam universos distintos com mecânicas…

Análise – Lego The Incredibles

Como é costume, a série LEGO está de regresso para recriar um filme através de uma licença oficial. Desta vez foi a saga Incredibles, com direito à recriação do filme original e do que está agora nos cinemas. Seguindo a linhagem de quase todos os “milhares” de jogos da LEGO…

Análise – The Lost Child

Plataformas: PlayStation 4, PlayStation Vita, Nintendo Switch Versão de Análise: PlayStation 4 Informação Adicional: Imagens retiradas durante as sessões de jogo. Antes de me aventurar por The Lost Child o meu conhecimento sobre o jogo era baseado apenas na pouca informação que recolhi sobre o mesmo. Em termos de jogabilidade…

Análise – Little Nightmares: Complete Edition

Apesar de já ter sido lançado há mais de um ano, só recentemente é que Little Nightmares foi lançado para a Switch. O lançamento original abrangeu várias consolas da altura como o PC, PS4 e Xbox One e a recepção ao jogo foi bastante positiva. A criação da Tarsier Studios…

Análise – Attack on Titan 2

Attack on Titan é cada vez mais uma série de culto no que toca ao universo do Anime e os fãs mais dedicados que não puderam esperar pela série, continuam a ler o manga à procura de mais respostas para algumas das perguntas que ainda estão por responder. Entretanto, a…

Análise – Kirby Star Allies

Kirby sempre foi alvo de experiências, algumas mais arriscadas do que outras, desta vez temos um grande ênfase no multi-jogador local numa aventura clássica em 2D. Kirby Star Allies é exactamente aquilo que parece, um jogo em 2D onde Kirby consegue sugar inimigos para obter os poderes deles e progredir,…

Análise – Lost Sphear

Criado pelo estúdio Tokyo RPG Factory, I Am Setsuna foi um jogo desenvolvido com um contexto bastante próprio. O objectivo era recordar os jogos de RPG de antigamente, com tema, visual e combates similares aos clássicos. Com o sucesso atingido, foi dada luz verde para um novo jogo, desta feita…

Análise – Bayonetta 2 [Switch]

Bayonetta 2 foi um passo em frente na série, quando foi lançado originalmente em 2014 foi um dos jogos que me levou a adquirir uma Wii U e não me arrependi, sendo um dos meus jogos favoritos nessa plataforma. Agora com a Switch e o factor da portabilidade assim como…

Análise – Bayonetta [Switch]

Bayonetta é uma série que caminhou no limbo durante algum tempo ainda que a qualidade do original seja inegável. Por esta altura já todos sabemos das histórias que colocaram Bayonetta na Nintendo com o segundo jogo da série como exclusivo e um terceiro a caminho também ele exclusivo, mas tudo…