Análise – Battle Princess Madelyn

Battle Princess Madelyn é um daqueles jogos que me chamou a atenção, não por estar nas bocas do mundo ou “escarrapachado” em sites e redes sociais, mas sim através da minha caixa de correio, tendo chegado até mim em vários Press Releases que não dei muita atenção, até um determinado…

Análise – Super Smash Bros Ultimate

Ano novo, jogos novos. No entanto, existem sempre algumas pontas soltas do ano anterior que precisam de ser atadas e uma das maiores era claramente Super Smash Bros Ultimate, o derradeiro jogo da Nintendo Switch para 2018 que chegou com impacto, fazendo até parte da minha lista de jogos do…

Análise – Mega Man 11

A mecânica do jogo continua praticamente igual: vamos ter que derrotar 8 robôs criados para causar caos e destruição para depois enfrentar o malvado Dr. Willy. Sendo assim, cada um destes robôs tem o seu próprio nível com um tema distinto. Os níveis têm temas distintos e que estão associados…

Análise – LEGO DC Super Villains

Plataformas: PlayStation 4, Xbox One, Switch, PC Versão de Análise: PlayStation 4 Informação Adicional: Imagens retiradas durante as sessões de jogo. Mais um ano mais um jogo da LEGO diria eu, excepto que este não é o primeiro jogo LEGO a sair este ano, e estes têm vindo para as…

Análise – Disgaea 1 Complete

Plataformas: PlayStation 4, Nintendo Switch Versão de Análise: PlayStation 4 Informação Adicional: Imagens retiradas durante as sessões de jogo. Para ser honesto já faz anos desde que joguei Disgaea. Se não estou em erro o último encontro que tive com a série foi o terceiro jogo e desde então que…

Análise – Super Mario Party

Com a Nintendo Switch no mercado já há algum tempo, era de esperar que a maioria das franquias da Nintendo acabasse por aparecer com novos lançamentos. No que toca a Mario Party, a Nintendo resolveu não ir por um Remaster e criar algo de raíz. Depois de Mario Party 10…

Análise – Freedom Planet [Nintendo Switch]

Já lá vão alguns anos desde que Freedom Planet foi originalmente lançado e acabou por se tornar uma referência dos jogos de plataformas. Este sucesso ditou que fosse lançado em mais plataformas e a Nintendo Switch foi a família de acolhimento mais recente. Sem grande conhecimento sobre Freedom Planet, aproveitei…

Análise – STAY

STAY é capaz de ser um dos jogos com a premissa mais interessante que joguei este ano. Inspirado claramente nos thrillers psicológicos e alguns dos jogos indie mais badalados das duas últimas gerações, este cria uma aventura que podia ser ainda mais do que tenta. O conceito de STAY é…

Análise – GO Vacation

Foi na altura em que a Wii começou a atingir um grande número de vendas, que a maioria das companhias perceberam que a consola era efectivamente um grande destino para os seus jogos, além de uma consola apta para agradar em especial à família e mais novos. Esta euforia resultou…

Análise – Okami HD [Nintendo Switch]

Por esta altura é natural que os mais distraídos comecem a pensar que andamos a repetir as análises a Okami. Desde que foi lançado originalmente na PS2 e após as suas conversões, Okami já apareceu numa série considerável de plataformas. Por isso mesmo, aqui estou eu novamente a jogar Okami…