Cartaz Cinema (17/1 a 23/1)

E continuam a chover filmes candidatos aos Óscares. Depois de Silver Linings Playbook (análise podem ler aqui), Zero Dark Thirty estreia em Portugal. Na linha dos filmes premiados, The Sessions não chegou a ser nomeado para a categoria de Melhor Filme na cerimônia de 24 de Fevereiro, mas é uma longa-metragem a ter em conta no cartaz desta semana, com uma das histórias mais emocionantes de 2012. Para os adeptos de filmes de combate, Undisputed III: Redenção chega finalmente a Portugal. Para fechar, não podia faltar o filme estrangeiro, desta vez de Itália. Reality é um filme desconcertante, com uma realidade amorfa e surrealista.

 

Zero Dark Thirty – 00:30 Hora Negra

Realizadora: Kathryn Bigelow

Elenco: Jessica Chastain, Taylor Kinney, Scott Adkins, Joel Edgerton e Mark Strong

Zero Dark Thirty é um dos fortes candidatos à vitória nos Óscares deste ano. Da realizadora de Hurth Locker, Zero Dark Thirty conta os detalhes e os meandros dos operativos dos Estados Unidos na localização e captura de Bin Laden. Com as extraordinárias performances de Taylor Kinney e da candidata ao Óscar para Melhor Actriz, Jessica Chastain, Zero Dark Thirty é o filme da semana Próximo Nível.

 

Reality

Realizador: Matteo Garrone

Elenco: Aniello Arena, Loredana Simioli, Nando Paone, Nello Iorio, Nunzia Schiano, Rosaria D’Urso

O cinema em Portugal continua a receber filmes fora do mainstream. O filme “exótico” desta semana vem de Itália e conta a história de Luciano, um napolitano que participa num reality-show. A partir desse momento, a percepção da realidade, muda drasticamente.

 

The Sessions – Seis Sessões

Realizador: Ben Lewin

Elenco: John Hawkes, Helen Hunt, William H. Macy, Moon Bloodgood e Annika Marks

Da autoria de Ben Lewin, responsável por Georgia e Paperback Romance, surge um dos filmes mais emocionantes de 2012. Inspirado em factos reais, The Sessions conta a história de Mark O’Brien, jornalista e poeta, doente de poliomielite, que descobre a sexualidade aos 38 anos. Com um leque de actores experientes nas andanças dos Óscares, The Sessions promete misturar religião, sexualidade, imaginação e a fragilidade da fisionomia humana.

 

Undisputed III: Redenção  – Undisputed III: Redemption

Realizador: Isaac Florentine

Elenco: Scott Adkins, Mykel Shannon Jenkins, Mark Ivanir, Hristo Shopov e Marko Zaror

Um filme de 2010 que chega agora a Portugal. Da autoria de Isaac Florentine, Undisputed III narra desafios entre prisioneiros, numa competição que envolve o prestígio e o entretenimento no submundo prisional. O prémio para o vencedor do torneio é a liberdade, e um dos maiores interessados é Yuri Boyka, um prisioneiro que irá enfrentar adversários temíveis e o passado. Com Scott Adkins, Undisputed III é um filme sobretudo para os aficionados de desportos de luta.

  • FoxRS

    Ena, tantos filmes para ver. Estou curioso com o Reality e talvez com o Zero Dark Thirty. Parece que este último gerou alguma controvérsia (idiota, como sempre) devido ao filme mostrar cenas de tortura das prisões, Ora, então, segundo os queixosos, não se pode mostrar nada de errado do passado nem das tragédias que aconteceram (acontecem) ao longo da história. Boa sorte com isso.

    Edgar, atenção às vírgulas sem necessidade. Não é por fazermos pausas na oralidade que se colocam vírgulas na escrita. E cuidado com os “factos reais”, esses são os piores, eheheh. 😉

    • todos os guionistas padecem do problema das vírgulas. porque num guião, a virgúla implica a pausa dramática da acção. não está gramaticamente errado, mas até atinar com o registo jornalístico ainda vai demorar um bocadinho

      • FoxRS

        “a percepção da realidade, muda drasticamente”

        Estava a referir-me a estes. Não podes ter uma vírgula entre o sujeito e o predicado. Nos outros casos pode dar-se o desconto. x)

  • ShadowDust

    Hm…. Vou deixar esta semana passar e preparar-me para o Django: Unchained

    • já vi o Django em ante-estreia, e estou a preparar a análise. Hoje vou ver o zero dark thirty para elaborar a respectiva análise

  • Gostei muito do Zero Dark Thirty 🙂 Agora, como o ShadowDust vou me preparar para Django Unchained 😀 😀 Tarantino *.*