Capitão América 3 poderá basear-se em Psychotic Cap

captain-america-2-winter-soldier-arranque-filmagens-noticias-pn-img

A Marvel planeia a sequela de Capitão América: O Soldado do Inverno. Capitão América 3 tem estreia agendada para 6 de Maio, 2016 (data que coincide com a estreia de Batman Vs. Super-Homem), e será realizada pelos irmãos Joe e Anthony Russo, responsáveis pelo segundo filme da franchise (estreia em Portugal a 27 de Maio).

Christopher Markus e Stephen McFeely estão de regresso à “máquina de escrever”, e a dupla confessou à Den of Geek que o terceiro capítulo irá atar algumas pontas soltas de Capitão América 2. A lógica nos filmes do Capitão América manter-se-á na “realidade”, portanto, segundo Christopher Markus, o Capitão nunca enfrentará o “Dinosaur Man”. Contrariando a tendência do restante universo Marvel. O argumentista fechou a entrevista confessando que a dupla consultou as bandas-desenhadas dos anos 50, mais concretamente, Capitão Psicótico (Psychotic Cap).

A história é complexa e possuí um cariz político arrojado e actual, que Christopher Markus e Stephen McFeely deverão modernizar. A obra original foi publicada entre 1941 e 1949, na qual o Capitão América e Bucky enfrentam o comunista Red Skull. A história não vingou e o próprio Stan Lee alheou-se do projecto, até ressuscitar o Capitão em 1964, após o estado de hibernação.

Em 1972, Steve Englehart recuperou a história, explorando a temática na qual o Capitão América e Bucky pertenciam a um programa governamental norte-americano no combate ao comunismo (um tema perigoso tendo em conta o conflito geoestratégico na Ucrânia). O lado Psicótico do Capitão deve-se aos efeitos secundários do programa do Super Soldado, o que torna a temática ainda mais apetitosa.

Share

You may also like...