Animes da Primavera 2016 – Openings e Endings

animes-da-primavera-2016-logo-02-pn-n

Já se passou um mês, e se já viram a lista de trailers desta temporada de anime, e até comentaram o que andam a ver. É altura então de partilharem quais os vossos openings e endings favoritos desta temporada de Primavera 2016.

Não tem danças, e apresenta um ou dois spoilers menores. Mas serve perfeitamente o seu propósito como última abertura para a série. A música continua boa, e com o mesmo impacto que as outras aberturas, mas o destaque recai na animação da mesma. Que vai mostrando as personagens e os contrastes do impacto que Koro-sensei teve nas suas vidas, e as mesmas na vida de Koro-sensei.

Da última vez, queixei-me do facto do ending desta temporada não ter o mesmo impacto que o da primeira. E tendo em conta que o ending da primeira não sofreu nenhuma mudança, estava à espera que o desta temporada final fosse igual e se mantivesse pelos 20 e tal episódios. Tendo sido surpreendido ao ver um novo ending há coisa de dois episódios atrás.

Este novo ending tem um ar calmo e é mais semelhante ao da primeira temporada. E ao contrário dos outros dois endings, que eram compostos por imagens das personagens que iam formando a cara de Koro-sensei. Neste ending vemos essas imagens a serem apagadas, deixando apenas a cara do mesmo. Podem interpretar em como os alunos vivem dentro dele, ou que ele está a olhar por eles, ou como bem quiserem, mas o facto de este ending final ser o oposto dos outros cria um certo impacto.

Se estão a questionar o motivo da opening não estar aqui, mesmo tendo sido feita por uma das bandas que fez um dos openings do Fullmetal Alchemist original, é devido de ter algo em falta. A música é boa. Mas sinto que falta algo mais para ficar em destaque.

Dito isto, vamos falar do ending. Em termos de animação temos Deku a correr, se mais uma vez quiserem ser daqueles que interpretam as coisas, podemos dizer que está a correr em direção ao seu futuro, enquanto temos vislumbres da sua vida como criança onde sonhava com heróis. A música também não está nada mal.

E para último fica a minha abertura e ending favoritos desta temporada, que acabam por ser do mesmo anime. Comecemos pela música, a combinação dos instrumentais com os vocais está bastante boa. Passando à animação, a parte inicial agrada-me, e o resto da opening imbui o tema do anime, mostrando os vários loops de Subaru a tentar chegar ao mesmo objectivo mas a não conseguir (talvez devido a uma força maior). E a forma em como o final regressa à maneira como o opening começou também é uma boa jogada.

Demorou cinco episódios até vermos a animação do ending de Re:Zero, mas isto provavelmente só quer dizer coisa boa. O anime até agora tem por vezes cortado tanto na sua abertura como no encerramento, para ganhar tempo de antena para mais cenas. E devido a isso até agora apenas se conhecia a música do ending.

Na sua maioria apenas apresenta as personagens, num fundo escuro, apenas com os flocos de neve a cair, acaba por ser bastante simples. Mas ao mesmo tempo consegue ter bastante impacto devido à música que está muito boa.

——————————

Existe sempre um ou outro OP e ED que ache catchy, mas estes são os que na minha opinião merecem destaque. Então e vocês? Digam na zona de comentários.

Mathias Marques

Editor oficial desde Agosto 2014 Para além de videojogos também gosto de anime. Podem ver-me a apregoar sobre ambos os assuntos no site em forma de notícia, artigo ou análise. Tenho a sorte de encontrar momentos parvos enquanto estou a jogar, ou de os criar eu mesmo.

More Posts

Follow Me:
TwitterYouTube

Share

You may also like...