Análise – WWE 2K18

  • WWE 2K18 foi analisado na PS4.

O universo da WWE está muito diferente desde os tempos em que eu acompanhava toda a programação semanalmente. A maioria das caras da WWE são novas para mim, mas confesso que já tinha saudades dos dramas e em especial de voltar a pegar num jogo da série. Após alguma pesquisa da minha parte para me inteirar dos acontecimentos mais recentes deste universo, comecei a minha experiência com WWE 2K18 e fiquei surpreendido.

Desde logo existe um extenso leque de lutadores para escolher, desde os lutadores mais recentes aos antigos, no entanto a maioria destes “old-timers” têm que ser comprados com pontos que ganham ao jogar. Até parece estranho termos que jogar para ganhar pontos e desbloquear lutadores. Existe uma grande variedade de modos, desde o simples 1 VS 1 até aos novos combates de 8 lutadores passando também pelo Royal Rumble. Falando nos combates que contêm 8 lutadores no ringue, este modo sofre com quebras constantes de fluidez, mas com cada lutador eliminado a performance melhora, mais um incentivo para ganharem estes combates depressa.

Se existe algo que WWE 2K18 faz de forma exímia, é a simulação do espectáculo dos combates reais. Todos os combates que realizei foram emocionantes do início ao fim, com revira-voltas e momentos memoráveis. A base para este sistema está nos reversals. Em certos momentos do combate, nomeadamente quando estamos prestes a sofrer um golpe, podemos carregar num botão e reverter o golpe do inimigo a nosso favor. O tempo exacto para carregar neste botão varia um pouco consoante os lutadores mas é apenas uma fracção de segundo, o que acaba por gerar um equilíbrio bastante bom entre domínio dos combates por parte de todos os lutadores envolvidos.

A jogabilidade em si é simples de entender, não existindo muitas combinações de botões em simultâneo, mas atenção, pois existem botões e padrões específicos para várias situações. Consoante o lutador os movimentos que efectuam acabam por ser diferentes e existe um conjuntos de habilidades extra para cada wrestler que acabam por fazer variar os movimentos, resistência etc. Tudo isto a juntar à constituições base de cada lutador faz com que exista imensa variedade e todos os lutadores são bastante diferentes.

Mas chega de falar sobre os lutadores oficiais, está na altura de fazer os nossos próprios lutadores. Existem dois modos distintos para as personagens criadas por nós. Todo o conteúdo de personalização está desbloqueado desde logo, têm acesso aos pontos de atributos de forma automática e o vosso lutador fica apto a lutar desde logo, podem criar uma personagem original para vocês ou fazer download de personagens de outros jogadores que tenham feito upload das mesmas. No entanto, se quiserem viver a campanha que WWE 2K18 preparou para vocês, a história é outra.

MyPlayer é o modo onde criamos uma personagem do 0, e esta acaba por se tornar o novo lutador da WWE. O jogo tem um auxiliar de criação de personagem básico que em pouco tempo nos fornece uma personagem original que depois podemos trabalhar a fundo, e aqui é possível perder horas. É aqui que começam as restrições de WWE 2K18. Neste modo específico a grande maioria dos itens de personalização e movimentos estão bloqueados, tendo que ser comprados com os pontos ganhos no jogo. Os preços dos itens não é muito elevado e se quiserem fazer apenas uma personagem deverão consegui-lo fazer com cerca de 200 a 300 pontos, uma quantia facilmente ganha num combate normal. No entanto não podia ser tudo “fácil”. Eis que aparecem itens completamente bloqueados sem hipótese de compra, e a forma de desbloqueio passa pelo “novo” flagelo dos videojogos, loot boxes.

Estas loot boxes são caras, de 2.500 a 10.000 pontos. As recompensas são completamente aleatórias ainda que separadas por raridade, aqui podem sair itens e até alguns dos lutadores bloqueados, assim como os movimentos e até pontos para comprar mais itens. No entanto, e para minha surpresa (não deveria ser, mas é o habitual hoje em dia) não podemos comprar estes pontos com dinheiro real, é mesmo necessário jogar para conseguir estes pontos. Mas tendo em conta que a grande maioria dos itens está apenas bloqueado no modo MyPlayer onde o intuito é começar por baixo e ir construíndo a nossa personagem à medida que avançamos, este acaba por não incomodar. Se quiserem utilizar os itens desde logo numa personagem, podem fazê-lo, desde que fora deste modo onde tudo está desbloqueado desde o início.

No modo MyPlayer a nossa personagem começa então nos ginásios da WWE, onde aprendemos as bases do jogo, avançamos para a NXT e daí seguimos para os espectáculos principais: Raw e SmackDown Live. A história é fixa e como tal as diferenças entre cada playtrough são mínimas. Neste modo vão poder explorar os bastidores e conviver com outras estrelas da WWE, mas há algo que me incomodou imenso. Os diálogos são feitos através de legendas, sem fala, e as animações não só não correspondem ao que está escrito, como são completamente ridículas. Isto faz com que grande parte deste modo seja estranho, no mínimo. Neste modo vão também passar grande parte do tempo a percorrer os bastidores e a nossa personagem tem uma movimentação, não só pouco natural, mas também bastante lenta.

Enquanto navegam pelos bastidores vão poder fazer alianças e obter objectivos adicionais que conferem recompensas extra. Existem ainda certos combates com objectivos, que são obrigatórios e se falharem terão que repetir o combate para progredir na história.

Neste modo vão também realizar “promos” ou discursos no ringue. Apesar de termos bastantes opções, estas não são muito claras sobre as consequências e o objectivo passa por manter um discurso coerente, acumulando mais pontos com cada combo. Não é de todo divertido, e mais uma vez a ausência de voz misturada com animações ridículas resultam em momentos estranhos.

Existe ainda o Road to Glory dentro do MyPlayer que envolve levar a nossa personagem deste modo para combates online e se ganharem pontos suficientes poderão competir nos PPV e ganhar prémios, incluindo as cobiçadas loot boxes. Os modos online contêm menos tipos de combates, mas consegue ir até 6 jogadores em simultâneo, no entanto como o sistema do jogo depende imenso do timing dos reversals, sempre que existe o mínimo lag, estes combates transformam-se em momentos extremamente frustrantes. Infelizmente não posso garantir que existam combates sem lag uma vez que todos os combates que fiz foram afectados por problemas de conexão e sim, cheguei a ir a casa de amigos para ter a certeza de que a culpa não era da minha conexão à Internet.

Um outro modo que de certa forma permite viver uma história é o WWE Universe. Este modo é o equivalente à programação de 1 ano dos 3 espectáculos actuais da WWE. Em cada um dos programas podemos escolher jogar um combate da perspectiva de quem quisermos, fazer uma promo ou simplesmente optar por simular os combates, obtendo assim os resultados e avançamos para o próximo programa.

WWE 2K18 é um jogo que reúne um grande leque de jogadores, várias arenas e modos de jogo. A personalização dos lutadores é um aspecto muito bem trabalhado e é possível criar lutadores bastante únicos e para os que investirem mais tempo no jogo, certamente conseguirão criar personagens focadas em certas áreas, desde o aspecto à entrada e aos movimentos, tudo pode ser personalizado.

Existem alguns dlc para WWE 2K18, estes resumem-se a personagens extra e alguns boosts para desbloquear todo o conteúdo do jogo de forma imediata.

Graficamente é um jogo que não espanta mas que se enquadra perfeitamente na presente geração de consolas. Existem alguns bugs visuais mas que acabam por não incomodar, sendo um jogo maioritariamente polido que só mostra problemas nos combates com 8 jogadores, algumas secções do ringue, nomeadamente quando atravessamos a barreira para o lado do público e em alguns momentos da experiência do MyPlayer. Desde o efeito das cordas do ringue aos espectadores, passando pelos comentários bem implementados e as músicas que acompanham o jogo, a experiência é bastante recompensadora. O único senão passa mesmo pelas músicas nos menus que são poucas e se tornam extremamente repetitivas passado algum tempo.

Em suma, é um jogo que é extremamente divertido sozinho ou localmente com amigos. Por outro lado nos modos online, a experiência foi bastante negativa. As opções de criação de personagem são vastas e é bastante recompensador ver as nossas próprias estrelas em acção. O modo MyPlayer precisa ainda de ser afinado pois é um pouco aborrecido em termos de narrativa, mas até consegue entreter. Como um todo é um bom jogo de “wrestling espectáculo” que entretém e é extremamente divertido no essencial, os combates.

Positivo

  • Imensos lutadores disponíveis
  • Combates extremamente divertidos e intensos
  • Todos os aspectos de personalização estão bastante bons
  • Comentadores
  • Vários tipos de combate

Negativo

  • Online
  • Falta de vozes nos modos de história
  • Animações extremamente desajustadas nos modos de história

Alexandre Barbosa

Também conhecido como Tylarth, sou um grande fã de videojogos no geral e séries de TV.

More Posts

Alexandre Barbosa

Também conhecido como Tylarth, sou um grande fã de videojogos no geral e séries de TV.