Análise – The Lego Ninjago Movie Videogame

Como uma adaptação de um filme de Lego a jogo, The Lego Ninjago Movie The Video Game não é muito diferente dos outros jogos de Lego que a TT games já fez no passado.

No entanto, tem algumas características engraçadas e penso que é um pouco mais interessante devido ao sistema de combate rápido e complexo e que embora seja um hack and slash, se torna variado e divertido.

Têm um conjunto de habilidades que podem usar em determinados momentos e fazem combos giros, que vos deixa dar muito dano nos inimigos. Às vezes terão de usar habilidades especificas para poder passar à fase seguinte do cenário, ou quebrar as defesas do inimigo, por isso deixa-vos puxar pela massa cinzenta e descobrir os pontos fracos deste e aproveitarem-se disso.
Podem jogar sozinhos ou com um amigo, tornando a experiência mais gira (podem dar uma carga de “porrada” em bosses e avacalhar à vontade, e a meu ver isso é super divertido!).

O jogo não se trata apenas de dar porrada em inimigos até se fartarem disso, antes pelo contrário. Têm puzzles por resolver de formas bastante peculiares e interessantes, e para vos ajudar a resolver os puzzles, têm as vossas habilidades. Irão aprender novas técnicas ao longo do jogo e do vosso progresso na história. As técnicas vão desde usar katanas para abrir coisas, a congelar água, construir máquinas, muitas coisas bonitas como podem perceber.

O jogo vai dando pistas acerca do que têm a fazer, por isso mesmo que tenham alguma dificuldade não se preocupem muito com isso. Podem também subir paredes, balançar-se de ponto a ponto e saltar de pontos altos para fazerem progresso no nível, sendo uma autentica aventura.
O mundo de Ninjago é super colorido e cheio de vida, cada cenário tem algo que o distingue dos restantes e é deveras original, tendo cada um o seu tema.

O universo de Ninjago é uma homenagem às artes marciais e direcionado a um público mais juvenil e dentro do jogo poderemos jogar como um grupo de adolescentes que estudam ninjútsu e que sabem pilotar mechas. O seu objectivo será defender a ilha onde vivem do invasor malvado Garmadon, que simplesmente procura destruir a ilha.  As personagens principais são todas muito engraçadas e queridas à sua maneira, sendo fácil gostar do grupo.

Apesar da campanha ser pequena e demorar poucas horas a completar, há muito que fazes neste jogo repleto de ninjas.
Têm vários modos extra , como a Battle Arena (deixa jogadores competir em vários modos, podem jogar até 4 pessoas). Para além disso podem procurar coisas novas nos níveis que já completaram, desafiar Mestres de Dojo e podem destruir a cidade…(Que tristeza…)

Embora o jogo seja divertido, torna-se repetitivoo ao longo do tempo. Há imensa variedade no início, mas que se perde à medida que avançamos no jogo. O jogo começa a reciclar aquilo que já foi jogado e a meu ver, perdi o interesse precisamente aí. Começam a querer despachar os combates, os tempos de loading também são um tanto demorados por vezes, e são interrompidos por imensas notificações quando estão a jogar, quebrando o mood.

Para além disso, os inimigos são tantos por vezes que acabamos por atacar inocentes acidentalmente. A banda sonora é boa, embora não seja nada de especial (já ouvi bem melhores), mas serve o seu propósito.

No geral, The Lego Ninjago The Videogame é um jogo divertido para se jogar algumas horas, talvez mais direcionado para um público mais juvenil (embora eu tenha gostado do jogo), mas depois disso, perde um pouco a sua graça.

Positivo

  • Jogabilidade normal de um jogo lego, mas com twists interessantes
  • Muito conteúdo extra
  • Muitos momentos cómicos
  • Mundo muito colorido e vivo e boas personagens

Negativo

  • Demasiadas notificações chatas
  • Tempos de loading demorados
  • Jogo torna-se muito repetitivo

 

 

Adriana Silva

Fã de videojogos, especialmente RPGs, Visual Novels e jogos de ritmo.
Gosto de anime, light novels e séries de televisão.
Devido à escolha de Steins;Gate, vim parar a esta linha temporal.
Cosplayer de coração, aspiro ser uma grande treinadora de Pokémon. (pelo menos melhor que o Ash…) Se isso não der certo, contento-me com governar Hyrule ao lado do Link.

More Posts - Website

Adriana Silva

Fã de videojogos, especialmente RPGs, Visual Novels e jogos de ritmo.
Gosto de anime, light novels e séries de televisão.
Devido à escolha de Steins;Gate, vim parar a esta linha temporal.
Cosplayer de coração, aspiro ser uma grande treinadora de Pokémon. (pelo menos melhor que o Ash…) Se isso não der certo, contento-me com governar Hyrule ao lado do Link.

  • Pouco vi do jogo mas uma coisa que não me agrada é o nome. Pergunto-me quando vai sair o The Lego Ninjago Movie The Video Game The Comic Book.