Análise – Squid’s Odyssey

squids-odyssey-rev-top-pn

Desconhecia completamente o estúdio The Game Bakers e o seu jogo Squids, mas assim que foi lançado para a Wii U, tivemos a oportunidade de poder analisá-lo o que gerou uma certa curiosidade, isto porque após alguma pesquisa, descobri que é um título algo conhecido do mundo dos dispositivos móveis. Este RPG por turnos é um jogo que apesar de adoptar os pilares fundamentais do género, possui uma vertente de jogabilidade bastante diferente e fácil de adaptar. Basicamente iremos atirar os nossos polvos pelo cenário fora e dependendo da velocidade com que eles atingem o inimigo, é a quantidade de dano que esta causará. A maneira como atiramos as personagens, é que é bastante interessante.

squids-odyssey-rev-6-pn

Bem ao género Angry Birds, vamos apontar para uma direcção e determinar a intensidade do ataque arrastando o dedo para trás da personagem e largando-o, como se fosse um elástico. O que acontece é que a personagem é projectada pelo cenário, indo para a direcção que nós desejamos, seja contra um inimigo, ou para apanhar algum item que esteja espalhado. A maneira como os cenários estão construídos dão uma certa complexidade ao dito combate, isto porque eles têm um tamanho maior que o normal, e por vezes teremos que fazer um pequeno percurso até chegarmos aos inimigos. Esses percursos podem incluir correntes de água, ouriços do mar, peixes balão, e tudo isso afectará a vida das personagens ou até dar outro tipo de estados como envenenamento.

squids-odyssey-rev-5-pn

Existe também um perigo enorme neste jogo que são os buracos e limites de alguns cenários. Ao cair por um desses, a personagem fica automaticamente derrotada – sendo possível trazê-la de volta com items – mas pode ser usado como um forte aliado para atirar inimigos fora ou então pode trair o jogador em ataques mais fortes. Quando não estamos a combater ou então a ver cinemáticas, podemos escolher melhorar e até alterar personagens da nossa equipa. Essas personagens ficam desbloqueadas com o decorrer do tempo e a até podemos dar-lhes novas peças de equipamento que irão melhorar a sua performance dentro de combate.

squids-odyssey-rev-4-pn

O jogo foca-se apenas na vertente de combate, não havendo qualquer tipo de exploração de cenários ou algo semelhante, pelo que a progressão do jogo está fragmentada por capítulos que iremos escolher. Graficamente é um jogo bastante simples mas com uma direcção artística acima da média. As personagens têm cada uma a sua personalidade e isso ajuda na certa comédia que o jogo tenta transmitir. O que torna Squid’s Odyssey um jogo tão interessante é o facto de adicionar dois mundos distintos e adicionar um tema apelativo. A possibilidade de atirarmos personagens pelo cenário fora e ver o dano que elas causam tal como um RPG de acção irá chamar a atenção de muitas pessoas.

squids-odyssey-rev-2-pn

Não se deixem enganar pela aparência, Squid’s Odyssey é um grande jogo como uma mecânica incrivelmente viciante e uns ligeiros toques de inovação que deixarão os fãs de RPG deliciados.

Positivo:

  • Jogabilidade viciante
  • Visuais excelentes
  • Níveis inteligentemente criados
  • Inúmeros níveis

Negativo:

  • História acessível mas um pouco aborrecida
  • Melhoria manual de personagens

pn-muitobom-ana