Análise – Senran Kagura 2: Deep Crimson

destaque-pn-senran-kagura-2

Sejam bem-vindos a mais uma análise, desta vez sobre um jogo que deve o seu grande sucesso aos atributos enormes que as suas personagens têm, nomeadamente…mamas! (não é que me importe…)

Desde ninjas à luta a rasgarem a roupa à medida que a luta vai avançando, e a lutarem de maneira bastante pervy, Senran Kagura 2: Deep Crimson é um jogo feito para uma audiência muito especifica.

Embora pareça um jogo que se foque apenas nestes pontos, Senran Kagura 2: Deep Crimson é mais que isso, mas falarei melhor sobre isso mais abaixo.

Como o seu antecessor, Senran Kagura 2: Deep Crimson acompanha a história e rivalidade entre clãs de ninjas – bons e maus – as alunas das Academias Hanzo e Hebijo.

senran-kagura-2-pn-1

Gostei do facto de podermos explorar a história das vilãs, algo que nem sempre é possível num jogo e de terem de unir forças com as heroínas de forma a conseguirem derrotar um inimigo comum.

Quanto à história, esta é contada num misto de Visual Novel (“brace yourselves, walls of text incoming!”), cinemáticas em 3D e conversas entre as personagens.

Embora as vozes sejam em japonês, a tradução está muito bem feita e de forma inteligente: Há piadas bastante engraçadas e que dão mais vida à história, e a tradução consegue dar mais personalidade às personagens (olhem para a Mirai, fartei-me de rir com a asneiras que ela diz constantemente, condizem com ela).

Não obstante, às vezes as piadas sexuais vêm em demasia e conseguem irritar-nos, até mesmo a mim (e isso, meus amigos, é difícil.)

senran-kagura-2-pn-2

Adorei o facto de Senran Kagura 2: Deep Crimson ter vários arcos de história, todos bastante distintos e cada um conta a história de personagens diferentes, cada uma com os seus ideais e objectivos, e lutam motivadas pela amizade e companheirismo que têm com as suas colegas, tornando Senran Kagura 2 muito mais do que um jogo com mamas e piadas sexuais.

Senran Kagura 2: Deep Crimson conseguiu surpreender-me, pensei que embora a batalha fosse contra demónios, que o jogo tivesse sempre uma atitude happy-go-lucky; e felizmente estava errada: Cada personagem tem um passado trágico que nos ajuda a entender melhor cada uma de elas, e as batalhas conseguem ser um pouco sangrentas.

Mesmo assim, Senran Kagura 2 tem momentos  impossíveis de se levar a sério, e isso deve-se à enorme quantia de slice of life existente no jogo e às personagens agarrarem as mamas umas das outras do nada. ( não que me importe…ao quadrado.)

senran-kagura-2-pn-4

Este grande (sim, foi de propósito) aspecto do jogo torna tudo um pouco perv e apesar de gostar de mamas, até eu achei um pouco excessivo, em determinadas alturas.

Até os monstros têm mamas grandes, e é esse extremo de que estou a falar. Parece que os criadores se passaram e disseram: “Vamos pôr mamas gigantes em tudo…EM TUUUUUUDOOOOO!!! …Menos na Mirai, a Mirai precisa de continuar loli.”

Enfim, há monstros um pouco creepy só por causa disso. Só…um bocadinho. Continuando!

Em relação a mecânicas do sistema de batalha, as personagens conseguem mexer-se de forma mais livre e fluída. Os combos são bastante importantes e podemos premir R para agarrarmos os nossos adversários e fazermos maldades, como atirá-los ao ar. Não se deixem enganar pelos estes, porque não são tão fáceis como parecem e aconselho-vos a variarem o máximo possível entre eles.

senran-kagura-2-pn-7

Não gostei do facto de ser muito difícil de me esquivar dos ataques, e a única maneir de sairmos de uma grande alhada ser um dodge (bastante difícil de posicionar, e tem de ser com o timing certo, senão estão feitos).

Apesar de ter algumas falhas, temos várias armas ao nosso dispor e cada personagem tem as suas técnicas de combate. Por exemplo, a Hibari pode electrocutar-se para mudar as características dos ataques dela. Todos os ataques são giros e divertidos, e gostei de tentar criar combinações entre eles. Para além disso, são fáceis de aprender.

Uma grande adição ao jogo, e novidade em Senran Kagura 2: Deep Crimson é o sistema de Co-Op durante as batalhas, onde podemos formar uma equipa de duas personagens (uma espécie de tag team).

senran-kagura-2-pn-5

Embora tenha algumas coisas que possam ser melhoradas, como a capacidade do computador se desviar dos ataques, jogar em Co-Op facilita bastante o jogo. Podemos reviver personagens e dar o dobro do dano que daríamos caso estivéssemos a jogar com uma só personagem, o que não é nada mau.

Como no seu antecessor,  podemos obter pergaminhos que desbloqueiam ataques mais fortes (ou técnicas, como preferirem) depois de entrarmos em “Shinobi Mode“.

Achei piada à transformação (é bastante badalhoca e parece saída de um anime ao estilo de Sailor Moon). Os combates são divertidos e a saga da roupa rasgada continua, juntamente com a vergonha das personagens à medida que a roupa destas vai sendo destruída (mais ecchi não é possível, acreditem).

Não obstante, isso atrasa as batalhas e consegue ser bastante distractivo: cada vez que voltava à batalha ficava meio aluada e já tinha perdido um bocado da pica, sem saber onde tinha ficado.

senran-kagura-2-pn-8

Felizmente, agora há a opção de desligar essas interrupções caso queiram levar as lutas mais a sério.

As animações estão bastante boas e a música é uma mistura de música tradicional japonesa com rock, nomeadamente guitarras e que dão bastante vontade de jogar o jogo e de dar “porrada” no adversário.

Só tenho pena da resolução da 3DS ser tão pequena, dificulta as batalhas um pouco ( é difícil acompanhar as acções das personagens com tão pouca resolução)

Os cenários são um pouco cíclicos, lutamos contra alguns inimigos e depois contra uma personagem específica, dependendo da personagem com quem estamos a jogar, acabando por parecer mais variado e sendo mais fácil de se ir jogando (não nos fartamos tanto, a meu ver)

Só acho que os rivais para cada personagem ( eu compreendo que cada personagem tenha a sua rival, mas mesmo assim é um bocado chato) deviam variar um bocadinho mais, de forma a não ser sempre o mesmo inimigo.

senran-kagura-2-pn-3

Apesar de muito do conteúdo ser do modo de história, há mais por onde explorar depois de o acabar.

Têm o modo “Yoma’s Nest“, onde escolhem uma equipa de personagens que irá lutar contra vários demónios em troca de experiência e armas secretas. Podem escapar depois de uma luta, ou continuar, o que vos dará mais recompensas. A escolha é vossa.

Não consegui experimentar o Online, pois não encontrei nenhuma sala disponível, mas ficam a saber que o jogo tem Co-Op online e local.

Háa personagens por desbloquear, embora as novas personagens não o sejam (o que é uma pena), e existe um DLC pago, o qual não vou revelar por ser um spoiler.

senran-kagura-2-pn-3

Existe ainda um modo onde podem vestir as personagens como preferirem e tirar fotos em modo de realidade aumentada, para quem gosta de fanservice.

Para os fãs de Senran Kagura, este é um jogo de que vão gostar sem sombra de dúvida, e embora tenha algumas coisas que podem ser melhoradas, acredito que o vão ser num jogo futuro.

Para quem é novo a Senran Kagura, se gostam de fighters, ninjas e raparigas com peitos grandes, misturados com uma boa história e comédia, recomendo-o vivamente.

Senran Kagura 2: Deep Crimson saiu a 27 de Agosto na Europa para a Nintendo 3DS e New Nintendo 3DS.

 

Positivo:

  • Cenários cíclicos e diversificados
  • História interessante que explora o passado das personagens
  • Podemos jogar não só com os heróis, mas com as vilãs também
  • Bastante fanservice 
  • Animações e banda sonora muito boas
  • Jogar em Co-Op é bastante prático e divertido

 

Negativo:

  • Transformações conseguem ser bastante distractivas
  • Rivais deviam ser mais variados
  • Resolução da 3DS dificulta-nos a vida nas batalhas
  • A única forma de nos esquivarmos de ataques falha bastante
  • Sistema de combate pode ser melhorado

 

 

pn-muitobom-ana

Share

You may also like...