Análise – Sacred 3

sacred-3-rev-5-pn

Sacred é uma série com dez anos já, tendo feito a sua estreia no PC como um jogo repleto de acção e humor. Já o segundo jogo da série chegou também às consolas e teve uma recepção mista e positiva. Sacred 3 marca então o regresso da série pelo que chegou também às consolas. A versão que vamos analisar já de seguida pertence à Xbox 360.

Neste novo jogo Ancaria encontra-se novamente em perigo e graças a um artefacto que oferece um imenso poder. Zane Ashen é um tirano que tem como objectivo apanhar o dito artefacto de nome Heart of Ancaria e cabe aos vários heróis que podemos escolher a tarefa de impedir que isso aconteça.

sacred-3-rev-4-pn

A produção deste jogo saltou para um novo estúdio de nome Keen Games e as diferenças estão rapidamente à vista. Longe vão os tempos do mapa com mundo aberto e exploração feita à nossa vontade, neste jogo teremos cenários fragmentados e acção cingida a pequenos trechos. Basicamente iremos escolher a zona para jogar através de um mini-mapa, pelo que chegamos a um cenário e finalizamos o mesmo com um combate contra um boss.

Dentro do jogo existe muita acção, podemos efectuar golpes simples, enfraquecer inimigos com escudo e até fazer poderes especiais que poderão ser modificados à nossa escolha. Toda a acção é feita de uma maneira linear, havendo um percurso pré-definido para percorrermos e que estará munido de inimigos, armadilhas e muito dinheiro.

O problema neste jogo começa quando a repetição começa a sentir-se. Mecânicas de jogo e certas situações são várias vezes repetidas ao longo do jogo. Por exemplo, em grande parte dos cenários vamos ter que activar um mecanismo de roda, sendo que por cada vez que o giramos, aparece uma vaga de inimigos. Apesar de ser um aspecto interessante do jogo, é constantemente repetido em níveis seguintes.

Os combates começam a tornar-se algo fáceis também porque apesar de aparecem inimigos com aparência diferente, todos os eles requerem a mesma maneira para matar, seja atacar desenfreadamente até caírem ou então rebentar o escudo primeiro.

sacred-3-rev-2-pn

Mesmo assim, não deixa de ser um jogo divertido e que nos prende durante algum tempo. Tem adições interessantes como a possibilidade de finalizarmos um inimigo com o simples premir de um botão e sem ser necessário estarmos perto dele, o que fará com que a nossa personagem dê um salto enorme.

Quando não estamos a partir inimigos ao meio estamos no menu de escolha de níveis que também serve para aumentar as características da nossa personagem. Aqui podemos dar uso ao dinheiro que apanhamos nos cenários para aumentar os seus poderes, melhorar as suas armas entre outras possibilidades, sendo que esta zona funciona também como lobby para convidar outras pessoas.

sacred-3-rev-1-pn

Infelizmente o jogo não oferece grande novidade quando jogado com uma ou mais pessoas. O jogo pode ser jogado por até quatro pessoas, mas para além de ser mais fácil percorrer os níveis e mais divertido aumentar a dificuldade, não traz grandes novidades. Podemos jogar através do online ou na mesma consola, existindo também poucas habilidades das personagens que ajudam os nossos colegas e o trabalho em equipa.

A apresentação mostra-se bastante simples e sem grandes exuberâncias a nível técnico. Todos os cenários estão bem detalhados e com uma certa atenção ao pormenor. Não é entediante olhar para o jogo e alguns dos efeitos dão ainda mais cor à já vasta palete adoptada pela Keen Games.

sacred-3-rev-3-pn

O humor está também sempre muito presente neste jogo, onde algumas vezes conseguem fazer rir o jogador de uma forma genuína, mas noutras situações são puro e simplesmente irritantes. A linguagem das personagens e NPCs é o método mais usado para exprimir esse humor, onde praticamente 80% das falas têm um teor cómico à mistura.

Sacred 3 não é um mau jogo, mas infelizmente peca um pouco pela repetição de vários elementos que funcionariam apenas uma outra vez. É um jogo como uma jogabilidade forte, um humor no geral bem conseguido, mas que se torna aborrecido facilmente.

Positivo:

  • Jogabilidade acessível
  • Humor por vezes bem conseguido
  • Acção no ecrã agradável e frenética
  • Apresentação decente

Negativo:

  • Repetição de elementos do jogo
  • Torna-se aborrecido facilmente
  • Cenários fragmentados dão pouco sumo
  • Inexistência de loot

razoavel-oficial-an-pn-img

Share

You may also like...