Análise – Rise of the Tomb Raider: 20 Year Celebration

Rise of the Tomb Raider já não é novidade para a maioria das pessoas que acompanham o PróximoNível. No final do ano passado e início deste, fizemos análise à versão Xbox One e mais tarde à de PC (carreguem nos links para ver).

Quase um ano depois do lançamento original, eis que o jogo chega à PS4 num formato final mais completo, que pode mesmo ser considerado a versão ideal para quem nunca o jogou.

Rise of the Tomb Raider segue os passos do anterior, onde conhecíamos as origens de Lara Croft e como passou de uma adolescente com sede pela aventura, para uma verdadeira exploradora sem medo de carregar no gatilho.

rise-of-the-tomb-raider-20-aniversary-edition-analise-review-pn_00002

Neste jogo, a história acompanha a segunda fase de Lara e a sua obsessão por seguir as pisadas do pai. Isto vai levar-nos a localizações exóticas e toda uma montanha gelada que temos para explorar.

Podem contar à mesma com um mundo semi-aberto e o regresso da evolução por pontos de experiência. Podem melhorar constantemente a personagem, adicionando novas armas, formas de combate e capacidade de sobrevivência. O combate pode não ser o mais perfeito, mas o sistema de cobertura e disparo é bastante natural.

Aquilo que menos me agradou neste jogo foi o cenário/paisagem em si. Como existem muitas regiões geladas, por vezes a coisa parece muito igual. Existem instalações para explorar pelo caminho, cavernas e até alguns flashbacks, mas o tema é o que a capa indica, muita neve e gelo.

rise-of-the-tomb-raider-20-aniversary-edition-analise-review-pn_00001

Sendo uma edição especial toda recheada de conteúdo, Rise of the Tomb Raider: 20 Year Celebration traz todos os DLC lançados anteriormente, como as aventuras extra, fatos e armas, assim como o modo Blood Ties que pode ser jogado com PS VR e o modo Endurance que podem até jogar com outra pessoa em cooperação. A estes junta-se ainda o Lara’s Nightmare que coloca Lara na mansão a lutar contra um exército de zombies possuídos.

Visualmente, Rise of the Tomb Raider: 20 Year Celebration também tem bastante impacto visual. Embora seja demasiado escuro e quase sempre branco devido ao gelo e neve, alguns dos cenários e efeitos de luz são realmente impresionantes. O design das personagens também está bom, com detalhes de grande qualidade, especialmente nas personagens principais. O áudio também está muito bom, seja no que toca às vozes ou as óptimas recriações de sons ambientais.

Ou seja, Rise of the Tomb Raider: 20 Year Celebration é mesmo a versão ideal e definitiva de Rise of the Tomb Raider e é aquela que devem jogar caso não tenham o original. Esta é uma aventura longa e recheada de extras que vale bem a pena jogar, sejam ou não fãs de jogos de aventura.

rise-of-the-tomb-raider-20-aniversary-edition-analise-review-pn_00003

Positivo:

  • Visualpn-recomendado-2016
  • Sistema de evolução
  • Inúmeros extras
  • Mini-jogo com VR

Negativo:

  • Localizações pouco variadas
  • Ainda mais negro que os primeiros

pn-excelente-2016-3

Daniel Silvestre

Fã de jogos, filmes, anime e coisas do género. Jogo desde que me lembro e adoro RPG. Tenho uma grande colecção deles que tenciono acabar. Talvez um dia no lar da 3ª idade.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebook

Daniel Silvestre

Fã de jogos, filmes, anime e coisas do género. Jogo desde que me lembro e adoro RPG. Tenho uma grande colecção deles que tenciono acabar. Talvez um dia no lar da 3ª idade.