Análise – Pokémon Super Mystery Dungeon

pokemon-super-mystery-dungeon-analise-review-pn_00005

O tempo passa e com 20 anos de existência, Pokémon continua a lançar jogos, sejam eles dentro da série principal, ou spin-offs com outro estilos.

Entre os vários disponíveis, um dos mais apreciados é seguramente a série Mystery Dungeon, a qual reúne exploração de masmorras e combates por turnos com elementos de estratégia e posicionamento no terreno.

pokemon-super-mystery-dungeon-analise-review-pn_00008

Em Pokémon Super Mystery Dungeon, a aventura volta uma vez mais a transformar-vos num Pokémon, o qual vai viver uma aventura no mundo Pokémon, rodeado de outros Pokémon que se comportam como humanos. No caso deste jogo, a viver a vida de estudante numa aldeia pacata.

Quando começam a jogar, são submetidos a um teste para definir qual o Pokémon com o qual vão jogar e quem será o vosso grande aliado. Embora me tenha calhado o Tepig nos testes, é possível fazer batota e escolher quem mais gostamos, por isso escolhi o bom e velho Squirtle, chamado Squirtle.

pokemon-super-mystery-dungeon-analise-review-pn_00003

Pokémon Super Mystery Dungeon é um misto entre interacção com outros Pokémon quando estão a viver a história ou a passear pela aldeia e a exploração de masmorras com vários pisos com uma vista aérea.

Basicamente, vão preparar as vossas viagens para as masmorras gradualmente, visitando áreas cada vez mais longas e difíceis. Cada passo numa Dungeon, corresponde a um turno, com ataques e movimentos das personagens e inimigos a corresponder a cada turno, o que aumenta a estratégia.

pokemon-super-mystery-dungeon-analise-review-pn_00006

As masmorras estão cheias de Pokémon selvagens que atacam mal entram no seu raio de acção, por isso, podem mobilizar a equipa e atacar com o vosso Pokémon principal. Os ataques são usados ao estilo típico de Pokémon, com cada ataque a consumir PP. O posicionamento é sempre chave, pois podem ver-se encurralados com mais que um Pokémon selvagem, o que resulta quase sempre em derrota.

Mesmo que joguem com os vossos items a maioria do tempo, existem missões onde ficam limitados a alguns conferidos por outros Pokémon, ou trocam os elementos da equipa por outros. Tudo depende da história, mas podem visitar algumas masmorras com missões alternativas em mente.

pokemon-super-mystery-dungeon-analise-review-pn_00007

Falando em história, Pokémon Super Mystery Dungeon tenta manter o humor e aspecto colorido da série, mesmo que apresente um caso sério de Bullying, que se torna o centro da história de certa forma e faz com que as personagens acabem por ter de agir. É um tema interessante e que ajuda a explicar algumas das atitudes das personagens.

Tudo isto tem lugar num mundo visualmente bonito e cheio de cor. Os Pokémon usam os seus modelos em 3D típicos, com uma ligeira pincelada de tom pastel por cima. As cidades e Pokémon apresentam um bom detalhe, mas o mesmo não pode ser dito das Dungeon, que repetem o seu visual e elementos por demasiadas vezes, sem nada realmente apelativo para ver.
A música é bastante agradável e alegre, cumprindo o seu objectivo de forma competente.

pokemon-super-mystery-dungeon-analise-review-pn_00002

Embora tenha gostado mais da forma como o anterior começa (Gates to Infinity), Pokémon Super Mystery Dungeon tem uma história e humor mais sólidos, mesmo que não seja nada de realmente inovador. Com a concorrência que enfrenta neste início de ano, especialmente no que toca a RPG, Pokémon Super Mystery Dungeon fica claramente a meio caminho da lista, mas não deixa de ser o jogo que os fãs do género e de Pokémon procuram.

Positivo:

  • Visual colorido
  • Humor e tema da história
  • Exploração estratégica das Dungeons
  • Podem escolher a vossa personagem

Negativo:

  • Início de história limitador
  • Algumas Dungeons têm construções injustas
  • Visual repetitivo de certas áreas

pn-bom-ana

Daniel Silvestre

Fã de jogos, filmes, anime e coisas do género. Jogo desde que me lembro e adoro RPG. Tenho uma grande colecção deles que tenciono acabar. Talvez um dia no lar da 3ª idade.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebook

Share

You may also like...