Análise – NES Classic Mini

A história diz que a Nintendo Entertainment System, ou NES, é uma das maiores responsáveis pela próspera indústria dos videojogos que temos actualmente. Esta versão Ocidental da consola da Nintendo de nome Famicom tal como foi lançada no Japão, é um dos maiores responsáveis por trazer os videojogos à vida depois do grande crash que ocorreu em 1982 e deitou por terra toda a indústria.

Agora chegou uma consola honra os melhores momentos desta consola num modelo de nome NES Classic Edition que não só traz 30 grandes títulos da consola como também um tamanho reduzido da plataforma e até um elemento da actual geração, saída HDMI para ligarmos a televisões de alta definição.

nes-classic-mini-rev-1-pn

Esta é uma consola de fácil ligação e com muita pouca coisa para desembrulhar. Ao retirarmos da caixa vemos que traz a consola em si que se apresenta num tamanho muito reduzido, um comando, cabo HDMI e um cabo micro USB para carregamento. A Nintendo arriscou um pouco com a alimentação do mesmo ao colocar apenas um cabo micro USB e não um carregador, partindo do princípio que nos dias que correm, qualquer um de nós tem um, algo que não me chocou.

Ao ligar a consola deparamo-nos com um dos problemas mais crassos da consola e que a início não parecia assim tão grave, o tamanho do cabo do comando. Partimos do princípio que todos nós iremos colocar a consola na estante ou ao pé da televisão, mas o tamanho deste cabo impossibilita tal coisa a não ser que estejamos mesmo próximos do ecrã. De resto, os botões da consola parecem sólidos e cumprem as funções que lá apontam.

nes-classic-mini-rev-2-pn

Com a consola já ligada vemos que esta traz um menu bastante moderno e interactivo com várias opções disponíveis. Os trinta jogos estão expostos através das suas capas originais e podem ser escolhidos e arrumados facilmente de acordo com o nosso gosto. Podemos também vasculhar pelos manuais antigos dos jogos através do nosso smartphone a partir de QR codes, sendo possível jogar e consultá-los sem grandes dificuldades.

Seja de frisar que a definição de imagem que esta consola transmite num televisão HD é simplesmente fenomenal. Ao contrário do que aconteceria com uma consola antiga neste tipo de tecnologia, todos os píxeis estão bem definidos mas se quiserem ter uma experiência mais autêntica e retro então podem sempre activar alguns dos filtros que simulam ecrãs CRT e não só. As opções são boas e variadas.

nes-classic-edition-random-pn

A Nintendo escolheu 30 grandes jogos para esta consola sendo que alguns deles são inconfundíveis e grandes clássicos como a série Super Mario Bros, Kirby’s Adventure, The Legend of Zelda, Castlevania, Donkey Kong, Metroid, Final Fantasy e não só, ao qual também inseriram outros menos conhecidos, ficando aqui uma excelente oportunidade para testá-los. A consola é capaz também de gravar o nosso estado no jogo caso precisemos de sair de casa rapidamente. Lembro-me perfeitamente que para tal tinha que deixar a consola ligada até chegar.

Esta NES Classic Mini é sem dúvida um item que irá fazer o regalo de muita gente neste Natal. É uma plataforma que apela à nostalgia e que traz uma grande qualidade de jogos. São poucos os problemas que tem, como o tamanho do cabo do comando, ou então a impossibilidade de colocarmos mais jogos, mas que mesmo assim não deixa de ser uma grande adição à nossa estante de consolas.

Positivo:

  • Boa escolha dos jogos
  • Saída HDMI
  • Boa qualidade de imagem
  • Interface bem trabalhada
  • Aspectos modernos como save states

Negativo:

  • Tamanho do cabo imperdoável
  • Incapacidade de aumentar a biblioteca de jogos

pn-bom-2016

Share

You may also like...