Análise – Naruto Shippuden Ultimate Ninja Storm Trilogy [Nintendo Switch]

Se já jogam videojogos há alguns anos, devem certamente saber que nem sempre existiram bons jogos baseados nas séries Anime mais conceituadas, por isso mesmo, Naruto Shippuden Ultimate Ninja Storm foi uma força da natureza na altura em que foi lançado.

Uma data de anos depois e com vários lançamentos consecutivos, a Bandai Namco aproveitou a chegada de novas consolas para voltar a trazer os jogos originais para a ribalta. A Nintendo Switch foi uma das plataformas escolhidas para receber a primeira trilogia e o resultado é bastante positivo, embora longe de perfeito.

Como o nome indica, Naruto Shippuden Ultimate Ninja Storm Trilogy inclui os três primeiros jogos, sendo eles Naruto Shippuden Ultimate Ninja Storm, Naruto Shippuden Ultimate Ninja Storm 2 e a versão completa do terceiro, Naruto Shippuden Ultimate Ninja Storm 3 Full Burst. Como só tive oportunidade de jogar o segundo e terceiro, foi bom poder experimentar finalmente o primeiro sem ter de o comprar para a PS3.

Tendo em conta que cada um dos jogos sofreu uma remasterização, esta só é mais sentida quando a consola está ligada pela doca à televisão. Todos os três jogos perdem um pouco de qualidade visual na versão portátil, em especial em sequências de exploração do mundo de jogo.

Tendo em conta que cada um dos jogos conta uma parte da série, é uma boa forma de ver quase tudo o que é contado no Anime, sem ser necessário trocar o cartucho de jogo. De qualquer forma, o verdadeiro final só esta disponível em Naruto Shippuden Ultimate Ninja Storm 4, que não está presente aqui.

A nível de jogabilidade, Naruto Shippuden Ultimate Ninja Storm Trilogy manteve a fórmula original para cada jogo, o que funciona bastante bem na Nintendo Switch, seja a jogar na consola em modo portátil ou a usar um comando como o Pro Controller. Tudo corre na Switch de forma bem natural, embora tenha sido alvo de algumas quebras de fluidez em modo portátil.

Tanto Naruto Shippuden Ultimate Ninja Storm 2 como Naruto Shippuden Ultimate Ninja Storm 3 Full Burst surgem aqui com modos online disponíveis, mas infelizmente só consegui testar o do Full Burst, pois é o único que ainda tem jogadores online (em Ranking onde fui saco de pancada). O Online corre a uma velocidade bastante boa, mesmo por Wi-Fi em modo portátil.

Embora com um decréscimo na qualidade visual, Naruto Shippuden Ultimate Ninja Storm Trilogy continua a trazer uma colectânea de alguns dos jogos com melhor Cell-Shading que se fez nos últimos anos. É preciso ir ao jogo mais recente ou a Dragon Ball FighterZ para ver jogos com Cell Shading melhor que estes. Cada um dos jogos inclui ainda vozes em japonês e em inglês, por isso podem ter o melhor de dois mundos para cada jogo.

Outra vantagem que está compilação oferece, é o facto de incluir todos os conteúdos extra que foram lançados ao longo do tempo, como fatos e episódios extra. Por isso mesmo, é uma colectânea que ainda oferece uma boa quantidade de tempo de jogo caso façam cada uma das histórias e queiram desbloquear tudo o que existe para obter. Além do mais os loadings parecem bem mais rápidos, o que é um alívio.

Mesmo que não seja a conversão ideal em termos técnicos, tenha alguns bugs (como o da contagem de tempo de jogo em Stand-by) e não tire proveito de nenhuma das funcionalidades únicas da consola, Naruto Shippuden Ultimate Ninja Storm Trilogy é uma boa oportunidade para jogar cada um destes jogos em todo o lado ou para os experimentar pela primeira vez. Se já os compraram para outra plataforma, então vão estar a jogar os mesmos jogos novamente.

Positivo:

  • Os três primeiros jogos por inteiro
  • Todos os conteúdo extra incluídos
  • Jogabilidade idêntica
  • Online funcional (embora um pouco vazio)
  • Vozes em inglês e japonês
  • Loadings mais rápidos

Negativo:

  • Perde bastante detalhe em modo portátil
  • Quebras de fluidez
  • Erros que mandam o jogo a baixo
  • Não se pode jogar VS com Joy-Cons separados

Daniel Silvestre

Fã de jogos, filmes, anime e coisas do género. Jogo desde que me lembro e adoro RPG. Tenho uma grande colecção deles que tenciono acabar. Talvez um dia no lar da 3ª idade.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebook

Daniel Silvestre

Fã de jogos, filmes, anime e coisas do género. Jogo desde que me lembro e adoro RPG. Tenho uma grande colecção deles que tenciono acabar. Talvez um dia no lar da 3ª idade.