Análise – Motorsport Manager (PC)

Num universo onde Football Manager é considerado como o nome mais sonante dos jogos de gestão no que toca a desporto, existe sempre um ou outro título que aparece para fazer a diferença. Neste caso temos um jogo de gestão dentro do mundo automobilístico, uma mistura que eu desde há muito ansiava que existisse. Sendo assim apareceu Motorsport Manager, um jogo que deu os seus primeiros passos nos dispositivos móveis e agora chega ao PC.

Para este lançamento no PC o estúdio PlaySport Games foi apadrinhado pela SEGA, sendo eles os responsáveis pela distribuição do mesmo – curiosamente, a própria é também a responsável pela série Football Manager. A passagem do Mobile para o PC pareceu quase natural para este jogo, visto que o título tem muito potencial que poderia ser explorado, mas será que todo esse potencial foi usado?

Motorsport Manager é um jogo onde vamos gerir a nossa equipa de automobilismo e levar os nossos pilotos ao pódio através de monolugares bem criados. Mas os bons resultados não aparecem apenas aos melhores pilotos, carros e equipas, com uma gestão meticulosa e reflexos rápidos podemos catapultar uma equipa medíocre para o estrelato. Sendo assim, este jogo consegue oferecer uma experiência bastante profunda e interessante que nos dará até uma visão mais detalhada do que se passa nas boxes e nas corridas.

A gestão começa na nossa base e é aqui que onde iremos tomar todas as nossas decisões. Desde os nossos pilotos até ao próprio staff da equipa, e isso irá reflectir-se nas corridas. Podemos ter o melhor piloto de sempre no volante do veículo, mas se o staff não fizer o melhor trabalho ou então for muito lento em momentos fundamentais como nos pit-stops, iremos pagar caro durante as corridas. As próprias infraestruturas poderão ser melhoradas e isso depois irá reflectir-se nos inúmeros aspectos tecnológicos que podemos melhorar no carro. Sem dúvida este aspecto foi muito mais aprofundado em comparação com a versão mobile.

Na corrida colhemos os frutos do nosso trabalho. Aqui iremos adaptar estratégias básicas como o tipo de pneus, consumo de combustível e isto por forma a gerirmos as nossas pit-stops de uma boa maneira. Cometam erros estratégicos como uso indevido de pneus ou do próprio veículo, e irão parar nas boxes mais vezes do que seria suposto, e assim perder segundos ou minutos preciosos. O jogo brilha neste aspecto, é impossível ficar aborrecido durante uma corrida com tanta coisa a acontecer, precisamos de estar atentos a todos os aspectos do carro, feedbacks do piloto e possíveis alterações climatéricas.

O jogo consegue fornecer-nos a informação necessário para não nos perdermos, e isto de uma forma visual no nosso ecrã. Com todas as ferramentas ao nosso dispor, precisamos de ter total atenção e alguma inteligência para conseguirmos ultrapassar atingir um excelente resultado na corrida. As provas dificilmente serão aborrecidas ou previsíveis e isto derivado aos inúmeros factores que possam acontecer, sejam avarias, mudanças climatéricas ou até acidentes.

Existe também um pequeno aspecto interessante que se baseia no feedback através das rede sociais. Durante o nosso percurso vamos saber como se encontra o nosso desempenho através de vários factores, seja até do grau de satisfação dos directores da equipa, mas nas redes sociais temos reacções interessantes ao que se passa em todo o espectáculo. Não só os media como pessoas normais irão comentar sobre o estado actual de certa equipa ou até pilotos, dando-nos uma perspectiva interessante do que estará a acontecer neste momento.

A apresentação deste jogo é bastante simples mas mesmo assim serve perfeitamente para o tipo de jogo em questão. Não havendo pistas nem pilotos ou equipas licenciadas, as que foram criadas para este jogo são boas o suficiente. Apesar disso tudo, o nível de detalhe de cada pista é o suficiente para nos fazer lembrar “daquela” pista que muito adoramos e todo o trabalho sonora consegue oferecer uma boa recriação das competições. Mesmo assim, enervou um bocado o facto de termos mobilidade um pouco limitada nas câmeras, não sendo possível afastar o suficiente por forma a ver-se a pista toda como na vertente mobile sem passar para uma visão mais básica da corrida.

Dito isto, Motorsport Manager é um jogo bastante sólido que tem ainda muito potencial. Não é um jogo fácil, mas como qualquer tipo de jogo de gestão, precisamos de investir algum tempo para conseguirmos ver resultados. As nossas primeiras três temporadas poderão ser turbulentas, mas o que é certo é que o jogo dá-nos a experiência necessária para podermos usá-la no futuro.

Motorsport Manager é um bom jogo de gestão e se não o melhor no ramo do automobilismo. Esta ideia que foi criada nos dispositivos móveis e passada para o PC tem ainda muito potencial para explorar, mas mesmo assim, preparem-se para um jogo bem viciante e recompensador.

Positivo:

  • Excelente recriação da vertente estratégica do automobilismo
  • Jogo bem aprofundado
  • Boa apresentação
  • Novidades interessantes como incorporação das redes sociais.
  • Bom controlo de todos os aspectos do jogo

Negativo:

  • Câmera limitada
  • Falta de licensas oficiais

Share

You may also like...